domingo, 2 de fevereiro de 2014

FOLHA DE SÃO PAULO CONFIRMA TESES DO BLOG PERITO.MED NA CAPA DE DOMINGO DE HOJE

Na edição de hoje a FSP publica que descontrole do auxílio-doença resultou no aumento do déficit da previdência. Afirma que o controle que foi iniciado na Era Lula se perdeu a partir de 2010 com novo aumento e prejuízo de 17 bilhões de reais somente este ano.


A matéria mostra a escalada dos benefícios após o início do descontrole em 2010, com 2013 quase igualando 2005 em recorde de concessões.


Ora, isso nada mais é que a confirmação,pelo maior jornal do País, das teses do blog perito.med, que desde 2010 vem denunciando o boicote à carreira médica pericial, a destruição do INSS, a crise profunda de gestão que está por trás desses números e os interesses escusos por trás do desmonte da carreira médica pericial no INSS.

Antes do blog, era comum culpar os peritos por quaisquer problemas inerentes ao INSS e ao auxílio-doença. Com o nosso trabalho calcado na seriedade, ciência e provas comprobatórias, mudamos a opinião pública geral e em especial da grande mídia, que passou a olhar melhor e focar a gestão como causa da paralisia do INSS.

E gestão no INSS tem um, ou melhor, dois nomes, desde 2003: Carlos Eduardo Gabas e Benedito Adalberto Brunca. Para o bem e o mal, o que o INSS é hoje em dia se deve a estes dois gestores.

A matéria da FSP cita "especialistas" para escrever que a causa do boom do auxílio-doença a partir de 2000 foi o arroxo na previdência programada (aposentadorias regulares), tese defendida por este blog desde 2010, com comprovação estatística em uma série de postagens. O gráfico abaixo, feito por Eduardo Henrique, em 2011, é a prova dessa tese:


A matéria também cita que a partir de 2010 reiniciou-se o descontrole da concessão de benefícios. Esse descontrole se chama DESMONTE DA CARREIRA DOS PERITOS, iniciada em meados de 2009 após a perícia médica acabar com as filas e benefícios fraudulentos e prejudicar milhares de interesses políticos, internos (esquema de diárias) e sindicais. Estes se uniram para destruir a carreira, com razoável sucesso até o presente (2100 peritos exonerados desde 2010).

Essa destruição se iniciou com a revogação das 6h, via SISREF, continuou com o congelamento salarial, os vetos de 2010 da carreira, o desmonte das APS BI,a perseguição a peritos patrocinada em conluio com o MPF, a terceirização da carreira e a desvalorização interna do perito.

Não é nenhum espanto que estamos voltando aos níveis de descontrole da gestão FHC e início da gestão Lula. Todos os avanços conseguidos em 2004/05 e que se mostraram eficazes entre 2006-2009 foram jogados no lixo pelo próprio governo Lula, pressionado por sindicatos, políticos e servidores do INSS a acabar com o poder dos peritos.

Agora, na fase final da destruição, querem tirar a autoridade médica misturando nossa decisão com decisões de outros profissionais que não estão aptos a falar sobre incapacidade por doença, sob o bonito nome de perícia multiprofissional. E, claro, cooptam médicos entregues ao sistema para dar uma chancela científica em algo que é ideologia sectária.

Com Gabas e Brunca no poder, esse rombo só vai aumentar, aumentar e aumentar. Era 12 bilhões em 2012, 17 bilhões em 2013 e o saco sem fundo não tem fim.

Os peritos, bons peritos, que jogaram a toalha e saíram, agora usam sua expertise para trabalhar para empresas e cidadãos que processam o INSS. O INSS por sua vez desmontou as Juntas de Recursos, as equipes médicas nas procuradorias e agora quer avançar até mesmo na nossa insalubridade.

Para quem não entendia ainda porque tanta violência contra nós, espero que dessa vez não restem mais dúvidas. 

Para quem não entendia porque éramos totalmente contra a política pelega da ANMP em ser "amiga" da gestão, espero de dessa vez não restem mais dúvidas.

Para saber mais:
http://www.perito.med.br/2012/11/administracao-mpf-agu.html
http://www.perito.med.br/2012/11/memo-42-os-graficos-nao-mentem-mas.html
http://www.perito.med.br/2012/10/numeros-da-ineficiencia-da-gestao-do.html
http://www.perito.med.br/2012/07/diretor-brunca-deve-explicacoes-ao-pais.html
http://www.perito.med.br/2011/09/peritos-malditos.html
http://www.perito.med.br/2012/07/cinema-lotado.html
http://www.perito.med.br/2012/10/profissao-perito-ineficiencia-do.html
http://www.perito.med.br/2012/10/se-o-governo-quer-de-fato-reabilitar-os.html
http://www.perito.med.br/2011/12/chega-de-incompetencia-fila-de-espera.html
http://www.perito.med.br/2011/10/fila-de-espera-do-auxilio-doenca-nao-e.html
http://www.perito.med.br/2011/08/conforme-queriamos-demonstrar-culpa-da.html
http://www.perito.med.br/2011/09/defensoria-publica-patrocinara-explosao.html
http://www.perito.med.br/2011/10/ponto-de-vista-guerra-fila.html
http://www.perito.med.br/2010/09/fila-cresce-ha-um-ano.html
http://www.perito.med.br/2010/12/memo-42-o-virus-mutante.html
http://www.perito.med.br/2010/09/fila-ja-existia-desde-21062010-nao-por.html
http://www.perito.med.br/2010/07/opcao-unica-resolucao-completa-do-caos.html
http://www.perito.med.br/2010/12/ordem-do-caos.html
http://www.perito.med.br/2010/08/recordar-e-viver.html
http://www.perito.med.br/2011/06/gestao-tragica.html
http://www.perito.med.br/2011/02/superintendente-esconde-ma-gestao-em.html
http://www.perito.med.br/2011/01/nova-gestao-urgente.html
http://www.perito.med.br/2011/02/rescaldo-de-operacao-padrao-inss-tenta.html
http://www.perito.med.br/2012/07/incompetencia-de-gestao-sem-limites.html
http://www.perito.med.br/2012/07/memorando-circular-dirsat-0112-o-inss.html
http://www.perito.med.br/2012/08/dados-que-o-mpog-tem-saber-governo.html
http://www.perito.med.br/2012/08/governo-sangra-sem-peritos-reabilitacao.html
http://www.perito.med.br/2012/11/terceirizacao-parte-1-que-tal.html
http://www.perito.med.br/2012/12/terceirizacao-parte-2-quando-gestao-e.html
http://www.perito.med.br/2010/10/peritos-terceirizados-trabalhador-sem.html
http://www.perito.med.br/2012/11/empresas-de-telefonia-nao-podem.html
http://peritomed.wordpress.com/tag/terceirizacao-2/

3 comentários:

aldofranklin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anderson disse...

"procuradores sobrecarregados" Onde isso Aldo??? os que conheço não tão nem aí pro trabalho, ficam trabalhando "de casa", sequer colocam os laudos nos processos e fazem qq acordo pra não ter trabalho. O MPF faz vista grossa, pois não vai mexer com quem entende de lei né?!

aldofranklin disse...

Vem aqui no ABC pra vc vê o que é ferro!