sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

MAIS MÉDICOS NAUFRAGA EM UM MAR DE DESRESPEITO, FARSAS, FRAUDES E ESCRAVIDÃO.

Os últimos eventos envolvendo o Programa Mais Médicos para o Brasil mostram que quando o objetivo é apenas o marketing político e a subjugação ideológica e quando o instrumento usado é a picaretagem e a mais pura desfaçatez, o resultado só pode ser catastrófico.

Nunca antes na história desse país um único programa do governo conseguiu aglomerar tantas denúncias de irregularidades e improbidades como o "Mais Médicos".

Começando pela farsa da sua criação, pois já estava sendo "gestado" desde 2012 e foi lançado como "novidade" para pegar o calor dos protestos em junho de 2013, passando pela mentira cínica da "abertura prévia pra brasileiros", eivada de erros, bloqueios atípicos, incompatibilidades e toda sorte de problemas que em ocorrência sucessiva impediram o cadastro de milhares de médicos nacionais, abrindo a porta para a "desculpa" da necessidade de trazer os cubanos, que já estavam estudando até mesmo português.

A fraude continua com a ridícula tentativa de se taxar esses trabalhadores de "intercambistas" para fugir de obrigações patronais e responsabilidade jurídica. Mesmo com o INSS e a Receita acionando o governo sobre a obrigatoriedade de recolhimentos tributários, mantiveram a farsa que foi definitivamente desnudada com a fuga da cubana Ramona. Nenhuma universidade aceitou participar disso e até o Exército está sendo recrutado pela Presidanta.

A farsa continua com a questão monetária, contratos de fachada com OPAS, empresa cubana mercantil traficante de escravos cubanos, retenção de 90% dos rendimentos dos escravos intercambistas de Cuba, humilhações impostas por prefeitos corruptos e descompromissados, fome, dor, frio, calor, carência, vigilância, medo. Superfaturamento de moradias e até mesmo mais médicos fantasmas, sendo notificados por sua ausência (piada pronta).

Na prática, as cubanadas, com mais de uma centena de receitas, atestados e encaminhamentos de teor hediondo, muitos fatais, documentados e expostos neste site, que provam que não são médicos os escravos que vieram de Cuba.

Naturalmente, começam a fugir e agora se pensa em aumentar a segurança dos postos, não para o bem da população, e sim para evitar a fuga dos escravos cubanos.

Somente hoje cinco manchetes negativas do Mais Médicos nos principais jornais de São Paulo, acusando desde a escravidão até o boicote do governo à fiscalização pelo CRM. O governo boicota qualquer tentativa de se achar esse profissional de saúde. Esconde os nomes. Ilegal, pois são pagos com verba pública.

O Mais Médicos, nascido sob a farsa de se querer resolver o problema da atenção básica à Saúde no Brasil, por pura incompetência e sectarismo do governo, se tornou a bandeira mais vergonhosa da história recente dessa república. 

Escravidão validada por governos e pela ONU, via OPAS. Desvios dos protocolos financeiros habituais, esconderijo de destino de nomes e dinheiro, fantasmas, superfaturamento, insalubridade, desrespeito, humanos tratados como máquinas.

Esse é o "humanismo" de Dilma Rousseff e Padilha. Para quem lida com os outros na base do grito e humilhação, como é amplamente reportado pela mídia, não é de se espantar que a Presidente não se comova com a situação dos escravos cubanos no Brasil, ou pior, que não adore isso e os explore mais e mais em usufruto político pessoal.

A população que apóia essa pouca vergonha é TÃO RESPONSÁVEL quanto o governo. Os que dizem que "não me importa se é escravo ou não, se aceitou vir trabalhar por $400, eu quero é ser atendido", que saiba que são tão golpistas, desumanos e escravocratas quanto o governo, pois é contando com isso que esta barbaridade está sendo perpetrada.

Quem diz "adoro o atendimento dele" e não se importa com a péssima condição com o qual é tratado pelo governo, é tão CÚMPLICE dessa escravidão como Fidel Castro.

O perito.med continuará apoiando a alforria dos cubanos no Brasil e denunciando a prática de trabalho escravo neste país.

Se ainda existe algum panaca médico favorável a isso, saiba que o cubano hoje será você amanhã, se nada for feito.

3 comentários:

aldofranklin disse...

Concordo com tudo no entanto Chico a massa da população que é ignorante e vive às custas de benefices do Governo apoia o Programa inclusive nesses moldes!
Não à toa que hoje temos os netos do Bolsa família!

Tem muita gente que pelo contrário, critica o CRM pelas denúncias tentando politizar o debate pra que desta forma o Governo leve a melhor!

Que País nojento esse que vivemos, quem diria que em pleno ano 2014 veríamos escancarado cenas gritantes de humilhação e falta de humanização com o ser humano!

Leonardo F. disse...

O país realmente é nojento. E os dependentes do Bolsa Família garantem a eleição dessa ditadura. Quem não quer ganhar dinheiro sem trabalhar? Pois é, esse é o Bolsa Família!
E concordo com você, nós, médicos brasileiros, seremos os cubanos de amanhã!
Esse governo PTralha não tem escrúpulos!
#corruPTos

Joaquim Oliveira disse...

Essa foi a maneira que eles encontrarm para ajudar o idolatrado aassassino dono daquela ilha onde mantem todo povo confinado há 50 anos onde há um profundo "respeito pelos direitos humanos", e isso sem aprovação do congreso nacional, quer dizer essa senhora pega sem cerimônia o nosso suado dinheiro de impostos, constroe portos, estadasem Cuba importa escravos disfarçados de médicos e não deve satisfações a niguem..... Nós merecemos!!!!!