sábado, 15 de fevereiro de 2014

CAPATAZ DE CUBANOS DESCOBERTA: COORDENADORA DA OPAS NO BRASIL, VIVIAN CHAVEZ PEREZ É AGENTE DE CUBA E ESTÁ AQUI PARA VIGIAR OS ESCRAVOS.

A OPAS faz muito mais que apenas servir de fachada para contratos desumanos entre governos com Cuba com vistas a explorar tráfico escravo de trabalho médico cubano.

Ela, ativamente, participa do controle escravagista cedendo cargos para agentes da polícia de Fidel, que se passando por representantes da OPAS, ficam nos países onde existem escravos trabalhando para, na prática, fiscalizar, acionar polícia local e tudo o mais que uma capataz de escravos tem que fazer, vigiar a mercadoria.

No Brasil, a capitã-do-mato mor, a Capataz de Escravos cubanos, é Vivian Isabel Chavez Perez, veja aqui seu perfil no facebook: https://www.facebook.com/vivianisabel.chavezperez?fref=ts

Lotada em Porto Alegre, terra do pseudo-comunista Tarso Genro, o que deportou de forma sumária os boxeadores cubanos fugitivos em um jato de Hugo Chavez em 2007, ela vem ganhando espaço para fazer seu trabalho de polícia estrangeira em território nacional, com direito a cargos em comissões locais, como aqui: http://www.saude.rs.gov.br/upload/1385039649_cibr597_13.pdf

Já exerceu essa função pelo menos outra vez na Nicarágua, em 2009 (clique aqui).

Nas fotos abaixo, aparece misturada a apoiadores do Mais Médicos em Porto Alegre:



A Revista VEJA dessa semana desmascarou a Capataz de escravos cubanos. A OPAS é muito mais que um mero laranja que recebe 5% do dinheiro brasileiro despejado no Mais Médicos, é partícipe ativa e usa seus cargos para legitimar o tráfico de humanos internacional em pleno século XXI.,

18 comentários:

Heltron Xavier disse...

Eu comprei a Veja. Excelente.
Chico O PT esconde a lotação dos cubanos por nome para não acharmos os capatazes.
Vergonha internacional.
Soberania nacional rasgada

Francisco Cardoso disse...

Sim, mas nada escapará aos verdadeiros Libertadores da América.

Crispina Elaine Lopes de Vargas disse...

Brasileiros,
A dura reação contra o Programa Mais Médicos, que deve ter lá o seus interesses políticos, não se faz em preocupação com o atendimento à saúde da classe desfavorecida, massacrada e desrespeitada de nosso país.
Estas reações são frutos do inconformismo de mentalidades antisocialistas, conservadoras, elitistas, que reprovam qauisquer iniciativa social e que possa ser positiva como um programa de governos como o atual, que se diz social, mas é claramente capitalista. Porém se o povo se beneficia de alguma forma, não importa a tendência, o importante, como neste caso, são maiores possibilidades de melhor atendimento à saúde do povo brasileiro.
Estas pessoas, que se manifestam tão duramente contra o programa, deveriam também se manifestarem contra o abandono e desrespeito que os pobres e assistidos pelo SUS recebem na saúde.
Estas pessoas, com certeza, não se importam com os menos favorecidos. Apenas estão preocupados em se oporem a uma tendência contrária ao seu modo de pensar, e aí se limitam.

aldofranklin disse...

Importante que o povo ta feliz né Crispina e aprova esse programa que é excelente!
To do lado do povo! Viva o povo!
Um salve pessoal borá aí!
O povo está se beneficiando é o que importa Criapina!

Heltron Xavier disse...

Dona Crispina,
A Sra sabe quanto o Prefeito de Bagé aí paga por um médico especialista com residência e pós-graduação e 12 anos de ensino superior?

Heltron Xavier disse...

http://www.pciconcursos.com.br/concurso/prefeitura-de-bage-rs-382-vagas

925 reais de salário + metade de gratificação

Ou seja menos que um Cubano que estudou 4 anos na ELAM recebe R$ 960,00 e mais 600 dólares lá sem contar que tem moradia e alimentação por conta.

Por que motivo insano alguém que mora num país capitalista, paga aluguel, corte de cabelo, gasolina, feira, colégio de filho, estacionamento, mecânico, ... Iria querer ir para aí?

Sem falar que precisa comprar equipamentos, ir a congressos e se atualizar...

Sem contar que se ele errar qualquer coisa é 50.000 de indenização porque as pessoas dizem que "suas" vidas são importantes ....

Chega de Hipocrisia.

Heltron Xavier disse...

Ninguém é contra médico estrangeiro qualificado. Nunca foi. Somos um país de imigrantes. O que não se aceita é enganação, charlatanismo, porque na hora de complicar sobra pro médico brasileiro.

Diga-me.

Se alguém precisa de um remédio, eu consigo o remédio, mas a data de validade está ilegível e também sei que se for vencido posso piorar o quadro... Mas pode ser que melhore também.

Faz ou não ?

Esse é problema do mais médicos.
Você desconhece a certificação e pode piorar tentando ajudar.

Não se pode brincar com a vida das pessoas.

JorgeBF disse...

Crispina, como boa esquerdista que parece ser, desqualifica os críticos sem prestar atenção ao conteúdo da crítica (além de escrever em mau português). Trata-se aqui de discutir a legalidade de haver em território brasileiro um fiscal, feitor, como queira, alguém com poder de polícia em pleno território nacional, em clara violação da nossa soberania. Quanto ao progrma "menos Médicos", creio tratar-se de algo louvável mas executado com a habitual imcomPeTêcia do nosso governo.

LANDER disse...

O que acontece como resultado no atendimento ao SUS é incompetência de gestão tão comum ao Estado brasileiro. O Mais médicos é o estado puro da incapacidade, inapetência, associado ao ideologismo reinante. Esta patologia de esquerda que assume todas as soluções por uma única lente e coloca países e populações de joelhos diante de patifes com discurseira prontas, mas com sua "luta", alvos e ações bem definidos! Os outros pagam as contas do estrago!

Alberto Suen engecom disse...

Ai meu São Crispim! A pessoa se acha revolucionária, defensora dos fracos e oprimidos...não parece o PT de outrora? É difícil acreditar que 25 anos após a queda do Muro de Berlim e a falência do socialismo real, venha alguém defender esta ideologia furada, escravizante e responsável por milhões de mortes (Mao, Stálin, Pol Pot, Fidel), o velho chavão da luta de classes. Leram o resumo do resumo do Capital e se acham filósofos. A história se repete, primeiro como tragédia e depois como farsa. Os médicos são elitistas? Depende. Se ser elitista é querer fazer sempre o melhor e não ficar brincando de curandeiro, o que necessita de recursos adequados, então sou um baita elistista! Agora, se isso se refere à condição social, os sindicalistas ligados ao PT podem explicar melhor, já que todos estão ficando ricos e não exatamente pela competência ou mérito próprio, exatamente como os apaniguados do PC Chinês, Cubano ou da Coréia do Norte. E como o povo vive nesses lugares? O Brasil vai acabar virando uma Venezuela! Vê se cresce e aparece, Sininho!

Heltron Xavier disse...

http://youtu.be/e-d0Dw6sM9I

Heltron Xavier disse...

Essa também tem que ser devolvida para aprender a falar português igual ao seu subordinado de Bento Gonçalves. Português Sofrível!

Renato Oliveira disse...

Santa cegueira

Pesquisador disse...

Crispina, que feio, usando a falácia do espantalho. O fato dos médicos cubanos estarem aqui como quase escravos, do Brasil estar arregaçando sua soberania, permitindo feitores cubanos que fiscalizam estes escravos, tudo isto é justificado para você, desde que o povo seja atendido? Não temos acesso nem mesmo ao contrato da OPAS, que é segredo de Estado, nem um procurador do Ministério Público do Trabalho, teve acesso a ele. Para você, isto é normal?

http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/02/mais-medicos-descumpre-leis-trabalhistas-brasileiras-diz-procurador.html

"...Sebastião Caixeta informou que o MP do Trabalho solicitou ao governo brasileiro e à Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) cópias dos contratos estabelecidos com os médicos cubanos, mas, até o momento, não obteve retorno..."

Pesquisador disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos Henrique Santos disse...

MEU DEUS!! A QUE PONTO ESTAMOS CHEGANDO?! ONDE ESTÁ O MP? ONDE ESTÁ A OAB? ONDE ESTÁ A OPOSIÇÃO?? QUE NADA FAZEM! A GRANDE MÍDIA NÃO MOSTRA,NÃO DENUNCIA ESSES CRIMES!

vitoria disse...

Brasileiros é lastimável que um grupo de pseudo patriotas, que se dizem contra a pobreza, contra a violencia, contra a corrupção, etc etc possam à olhos vistos levar um país à pique !!! Como não estar revoltada, estou perdendo meu sono e acho que todos os brasileiros minimamente politizados assim estão como eu indignados. Nunca sofremos como o povo Venezuelano, que ficou nas mãos do psicopata Chavez por muitos anos, e que agora soltaram as amarras e lutam verticalmente contra a persistência de um governo que nada proporciona de bom ao pais. E nós? Vamos precisar sofrer como eles para reagir ? ou vamos o quanto antes à luta para mostrarmos a nossa indignação? é importante que levemos a sério os movimentos de rua, dia 22 de março teremos a Marcha da Familia, vamos participar , encher as ruas, antes que fiquemos totalmente nas mãos dessa insana filosofia da mentira!

EG disse...

¿Agente de influencia del régimen Castro comunista?
Doctor Miguel Márquez Vásquez, ecuatoriano de nacimiento, fue durante años asesor en la Organización Panamericana de la Salud (OPS) en Washington, luego Representante de ese organismo internacional en Nicaragua y finalmente en Cuba, en esta última en la segunda mitad de los años 90. Al jubilarse, se quedó a vivir en la isla, donde falleció el pasado mes de febrero.