segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

MPF ABRE INQUÉRITO PARA INVESTIGAR MAIS "MÉDICOS"

Ministério Público investiga execução do programa Mais Médicos em Goiás 

Do UOL, em São Paulo
24/02/201410h42

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO) instaurou inquérito civil para investigar eventual ação ou omissão ilícita da União e dos municípios goianos, na execução do programa Mais Médicos no Estado de Goiás.

O MPF afirma que está investigando fatos noticiados pela imprensa dando conta de problemas no funcionamento do programa como: abandono das atividades por parte dos profissionais; dispensa, pelos municípios, de médicos integrantes da sua própria estrutura de saúde para justificar solicitação de profissionais do programa; médicos originários de Cuba que estariam sendo constrangidos no exercício do seu direito de locomoção no território nacional, entre outros.

O procurador da República Ailton Benedito considera preocupantes as notícias divulgadas, havendo a necessidade de averiguação para colher informações, documentos e outros elementos aptos a consolidar a atuação do MPF.

Íntegra do Inquérito:

2 comentários:

Heltron Xavier disse...

Empresa privada brasileira faz contrato com comercializadora caribenha e contrata haitianos para trabalhar em mineração no brasil pagando 150 reais por Mês e alimentação. Haverá menos causas trabalhistas e menos trabalhadores adoecidos para o INSS já que estão submissos ao regime de trabalho Haitiano.

Mesma coisa.

Rodrigo Santiago disse...

Isto que vc descreveu, Heltron, praticamente já está ocorrendo.Já entraram no Brasil dezenas de milhares de haitianos e todos já chegam ao Brasil com destino certo para trabalhar, a maioria no sul do Brasil, com a cumplicidade do governo.Exércitos de reserva.Moro na fronteira e todos os dias chegam por aqui cerca de 80 haitianos há mais de dois anos.Faça as contas pra ver.Só não há contrato formal com empresa haitiana, mas o resto...