sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

CUBANADA "CUBA NÍVEA" - PACIENTE COM ÚLCERAS CRÔNICAS EM MMII TRATADAS COM OMEPRAZOL E "CREME NIVEA"

Depois do "Cuba Libre", agora temos o "Cuba Nívea" - Paciente com lesões ulcerativas crônicas em MMII, "diagnosticado" como "dermatitis ulcerativa aguda intensa". Tratamento? Cubano prescreve "Omeprazol" e "Creme Nívea ®".

Nívea ®, o creme branquinho para você que é vermelhinho!!



 Cubanada patrocinada por "Cuba Nívea",
 o creme dos comunistas do caribe:

10 comentários:

aldofranklin disse...

Honestamente acho bom!

O povo tem o que merece! Se 82% aprova o Programa Mais Médicos na forma como está sendo feito, então não há do que reclamar!

A voz do povo é a voz de Deus, se aprova, ta aprovado!

Heltron Xavier disse...

Um Atendimento de Alto "Nívea"...

Aldo Mello disse...

Legal! Trabalho científico: Uso de Omeprazol para tratamento de úlcera (cutânea). Haja estômago!

Heltron Xavier disse...

O grupo foi recebido pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e pela ministra da Secretaria Nacional dos Direitos Humanos, Maria do Rosário. Ao todo, 101 médicos devem ser deslocados para o Rio Grande do Sul, sendo que 32 deles chegam ainda hoje, e o restante até a segunda-feira. Eles já passaram pelo curso de avaliação e capacitação nas cidades de Belo Horizonte, Vitória, Brasília e Fortaleza, e devem começar a trabalhar no dia 4 de novembro.

"Não estamos aqui para competir com ninguém, mas tem que entender que as coisas são como elas são", disse o salvadorenho Héctor Flores, que já teve experiências na Colômbia e Venezuela."

Aqui está ele no RS
http://terra.com.br/noticia?n=a365e6e8a94f1410VgnVCM20000099cceb0aRCRD

Heltron Xavier disse...

Um dos médicos é Hector Flôres, 34 anos, natural de El Salvador. Ele está formado há sete anos e atuou por seis na Venezuela em um programa similar ao Mais Médicos. “Estamos aqui para atender aos mais necessitados. Precisamos do apoio de todos, pois não estamos aqui para competir,” declarou. Flôres disse que a pobreza e a desigualdade social são características semelhantes de Brasil e Venezuela. Ele afirmou que em ambos países uma parcela da população tem dificuldade de acesso à saúde.

http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/?Noticia=510722

Heltron Xavier disse...

O salvadorenho Hector Flores, 34 anos, escolheu Uruguaiana para se estabelecer. Com experiência em medicina da família na Venezuela em programa semelhante ao Mais Médicos e se disse preparado para atuar no país. “Será uma experiência muito boa. Quando você vê os resultados, percebe a diferença que faz. Será uma ótima relação entre estrangeiros e brasileiros”, sustenta. “Estamos aqui para atender aos mais necessitados, os mais carentes”. Ele fala que a rede de saúde brasileira é muito mais organizada em comparação com os demais países da América Latina, apesar de perceber a pobreza como algo em comum entre Brasil e Venezuela.

http://www.radioguaiba.com.br/Noticias/?Noticia=509462

Heltron Xavier disse...

Aqui está a lotação dele em Uruguaiana

http://189.28.128.100/maismedicos/Portaria-No1-Lista-Homologados-e-Validados-Mais-Medicos-2a-etapa.pdf

Heltron Xavier disse...


Prefeitura recebe mais 10 médicos
Nesta segunda-feira, dia 04/11, a vice-prefeita Neraí Santos Kaufmann, representando o prefeito Luiz Augusto Schneider, e a secretária municipal de Saúde, Saionara Marques Almeida dos Santos, receberam na sede da secretaria, os 10 novos médicos, integrantes do programa Mais Médicos do Governo Federal, que irão trabalhar em Uruguaiana. Na primeira etapa do Programa, a cidade de Uruguaiana recebeu 9 profissionais. Estes 19 médicos atuarão na rede básica de saúde. Os profissionais que chegaram n esta segunda etapa são: Maria Alejandra Albarracin Echandia (Venezuela), Mariluz del Carmen Rosendo Melendez (Venezuela), Veltraida Matos Matos (Cuba), Vilma Juana Reynaldo Fernandez (Cuba), Teleforo Alfredo Machado Rivero (Cuba), Yaquelin Siomara Canas Mena (El Salvador), Genaro Antonio Guardado Rivera (El Salvador), Hector Maurício Flores Melgar (El Salvador), Rogerio Paz Marques (Brasil) e Voldimar Quevedo Robalo (Brasil). O prefeito Luiz Augusto Schneider destaca que, até o momento, a cidade de Uruguaiana recebeu o maior número de médicos dentro deste programa, no estado do Rio Grande do Sul, pois fomos pioneiros na adesão ao projeto da presidente Dilma Rousseff, o que motivou convite da Presidência da República para que o prefeito Schneider fosse até Brasília, no dia 22/10, acompanhar a sanção da lei que instituiu este programa.

seila disse...

essa pessoa tambem não estaria com problemas na pele,os médicos brasileiros tambem erram e os brasileiros aceitam . estam achando ruim porque os cubanos vieram tirar o espaço dos médicos brasileiros então que trabalhassem

tumpopolis disse...

Este aí leu em algum resumão: para úlcera, se usa omeprazol; bah, atendente de farmácia faz medicina melhor...