quinta-feira, 14 de junho de 2012

RESPOSTA A JARBAS SIMAS

O doutor Jarbas Simas é um ícone da perícia médica nacional. Além de colega pessoal de trabalho, trata-se de um colega militante há 30 anos na causa pericial, é membro atuante e destacado do Sindicato dos Médicos de São Paulo, da APM e do CRM. Também é nesse momento presidente da Sociedade Brasileira de Perícia Médica que recentemente se fundiu com os médico-legais formando uma entidade só. Mais que isso, é uma liderança e referência aos colegas no país.

Mas como ninguém é perfeito, o doutor Jarbas pisou na bola. Em audiência hoje no Senado Federal sobre as condições da Perícia Médica do INSS ao invés dele se ater ao tema e ajudar a motivar o Senado para a construção de uma nova carreira e uma nova realidade, preferiu gastar parte do tempo atacando despropositadamente o Sindicato Nacional dos Peritos Médicos do INSS, fundado recentemente para atender ao anseio da classe por uma representação sindical formal. Disse no alto da tribuna do Senado que o Sindicato não representava a perícia e que a ANMP era a única e legítima representante. Por breve momento achei estar assistindo a um discurso do antigo presidente da ANMP, Dr. Argolo.

Ora, estranho o pronunciamento pois o próprio Dr. Jarbas foi um dos apoiadores e estimuladores do nascimento do Sindicato, na época em que a ANMP era presidida pelo antigo presidente já citado. Estranho também pois não estava em discussão ali quem era representante maior ou menor. Foi desnecessário e infrutífero. Desnecessário pois todos os políticos ali já sabiam que havia um Sindicato novo, TANTO QUE NOS CONVIDARAM e infrutífero pois só fez crescer o interesse dos senadores sobre a história do sindicato nascente.

Poderia inclusive aqui agradecer ao colega pela propaganda gratuita, mas na verdade o real motivo desse post é para lembrar a todos nós, inclusive o nosso colega e amigo, que quem determina quem é representante dos peritos são os representados. São os peritos que irão decidir se iremos de uma, duas, três ou nenhuma entidade representativa. Não sou eu Francisco nem você Jarbas que irá determinar isso.

O Sindicato seguiu todas as formalidades e continua sua breve mas já vitoriosa trajetória, com ações ganhas na Justiça, reconhecimento institucional e agora político. Isso tudo em menos de seis meses.

Portanto, caro amigo, conclamo você e os demais colegas a se filiarem ao sindicato, sem perder o vínculo com a ANMP, pois ambas são entidades congregadoras mas com objetivos diferentes, inclusive na Lei.

Somente um sindicato FORTE fará a carreira decolar. Se com menos de 400 peritos já temos essa dimensão, imaginem se todos os peritos se filiarem ao seu sindicato.

Poderia ter dito isso pessoalmente a você, mas como optaste por manifestar-se publicamente na tribuna do Senado, eu respondo na tribuna ao qual tenho acesso, que é esta aqui.

O link do sindicato é: www.periciasindical.med.br

Filiem-se e contem com todo o apoio jurídico e logístico e defensivo que o sindicato tem a oferecer.

3 comentários:

aldofranklin disse...

Esse cara só quer holofote e não se conforma com o surgimento de outras forças das quais ele não esteja!
Goastaria de que ele apontasse uma ÚNICA conquista que ele tenha feito pelos Peritos Médicos Previdenciários?

Uma vez ele esteve aqui no ABC, junto com o Gabas quando ainda era ministro da previdencia e pelo comportamento do mesmo, não passava de um "bajulador"...

"Você não nos vê, mas nós estamos te vendo, fanfarrão..."

Cavalcante disse...

"Quem conhece a atual Presidência da SBPM que a compre"!
Não fico nada surpreso com o post, já que as palavras chaves da SBPM são: AUTORITARISMO, OLIGOPÓLIOS E DEFESA DE PRIVILÉGIOS.
Recomendo ao Exmo. Presidente da SBPM que, ao invés de enfraquecer o movimento médico pericial, vá se preparar para fazer e passar na prova para obtenção do Título de Especilaista em Medicina Legal e Perícia Médica.
Ou será que ele está pensando que vai obter a Titulação de forma automática, ilegal e irregular, baseada numa extinta Certificação em área de atuação, em processo revogado pelo CFM, antes mesmo de sua conclusão,ainda em 2009???

Luciana Coiro disse...

Este tipo de manifestação só apequena quem a faz. Demonstra falta de foco nos grandes problemas e desvios para fofocas e picuinhas. Atitude dispensável em um momento em que as falas estavam se somando em benefício de todos.