quarta-feira, 20 de junho de 2012

Realidade Nacional

19/06/2012 20h52 - Atualizado em 19/06/2012 21h43
Assaltos a ônibus crescem mais de 80% no Grande Recife

"Diante desses números, os motoristas não escondem o medo e trabalham assustados. “Levar um tiro, [medo de] ser assaltado e levar um tiro”, disse o motorista Ociano Sabino. Severino Porfírio hoje está aposentado por invalidez. Ele era cobrador de ônibus e, em 2006, durante um assalto, levou dois tiros. Teve de parar de trabalhar e ainda guarda as sequelas daquele dia. “Subiu três assaltantes, era mais ou menos umas 16h15, assaltando todo mundo. Dois pulou lá para trás e ficou em cima de mim e pediu a renda, eu já tinha dado. Um policial que vinha dentro do ônibus, soube que foi um policial porque ele gritou que era um policial [...] Na troca de tiro morreu uma passageira, morreu um ladrão e pegou dois tiros em mim. Levei um tiro no pescoço e outro no braço. Fiquei deficiente e hoje em dia sou aposentado”, contou."

nte: G1

Um comentário:

aldofranklin disse...

Distribuição de renda...
Entregue sem piar...