terça-feira, 7 de maio de 2013

REVELADA A FARSA - DILMA USARÁ CRISE NA SAÚDE GERADA POR ELA MESMA PARA TRAZER ESCRAVOS CUBANOS DISFARÇADOS DE MÉDICOS "ESTRANGEIROS" PARA FAZER PROPAGANDA PRÓ-PT NO INTERIOR DO BRASIL.

Quem diria que logo o Partido dos Trabalhadores é que entraria para a história ao abolir a Lei Áurea e retomar a importação de escravos ao Brasil. Agora não serão africanos, serão escravos cubanos, com diploma de médico, não revalidado, a trabalhar para o PT no interior do Brasil, fazendo propaganda política disfarçada de saúde. Dos 8 mil anunciados de salário, 6.5 mil (81,25%) serão pagos diretamente ao regime cubano. Não poderão deixar o Brasil senão Cuba perde a verba. O nome disso é trabalho análogo à escravidão.
___________________________________________________________________


Há mais de um ano o Governo vem insuflando um falso discurso de "falta de médicos" neste país como pretexto para trazer médicos "estrangeiros" para as áreas mais pobres da nação, chamando isso de "revolução na saúde". Este blog denunciou a falácia do discurso em várias postagens.

A verdade é que falta médico no interior por culpa do governo, que não paga direito, quando o faz, paga mal, não dá estrutura nem mínimas condições de se exercer a medicina nos rincões do Brasil. O Governo não estrutura o SUS e depois tenta acusar a classe médica de ser a culpada pela ausência de doutores nesses locais.

Ao longo desse ano o volume do discurso anti-médico aumentou. Falaram ridiculamente em trazer médicos de Portugal e Espanha, querendo atenuar o discurso de oposição, como se isso fosse possível. Apesar da evidente mentira do governo na posição de "falta de médicos", em um país que hoje abriu em Campinas a sua ducentésima faculdade de medicina (só perdemos para a Índia), o discurso permaneceu o mesmo.

Sem ter mais como esconder, o Governo Dilma abre o jogo: Irão trazer, por decreto, 6.000 médicos de Cuba para atenderem nos locais onde dizem faltar médicos. Receberão 8 mil reais por mês. Quer dizer, isso é outra mentira, pois já sabemos que desses 8 mil, 6,5 mil serão pagos ao governo cubano diretamente. Neste país, esse tipo de relação trabalhista se chama Trabalho Análogo à Escravidão.

O governo Dilma não quer contratar estrangeiros para suprir carência de médicos: Quer contratar 6.000 escravos, agentes de propaganda política de Cuba, que também são médicos (lá, não aqui), para fazer campanha política nos interiores abandonados (pelo Governo) em prol do Partido dos Trabalhadores.

Ao invés de estruturar o SUS, montar equipamentos de saúde e construir a carreira federal de médicos, Dilma irá contratar escravos cubanos que não falam português para atenderem sem nenhum recurso uma gama de população carente de serviços e atenção.

A população continuará sem atenção e morrendo sem saúde, mas agora teremos os médicos, digo, escravos de Cuba para fazerem a campanha de Dilma em 2014.

De quebra, virão também os poucos mais de 600 brasileiros que estudaram na ELAM (Escola Latinoamericana de Medicina, em Cuba) e que no Brasil não conseguiram passar no Revalida. Como sabemos, os médicos formados na ELAM são proibidos de atender cubanos da elite política. E para conseguir uma vaga na ELAM, aqui no Brasil, você precisa ser indicado pelo PT ou PCdoB, que possuem cotas anuais para serem preenchidas por companheiros que querem ser médicos sem fazer vestibular.

O que está ocorrendo é um crime de lesa pátria. A questão já supera meramente a discussão de mercado médico e qualidade de atendimento. Estão usando a crise na Saúde para importar agentes estrangeiros desqualificados tecnicamente (pois não serão submetidos a testes de aferição de conhecimento) para infiltrarem comunidades pequenas para fins de propaganda e manipulação de massas.

Cabe à FENAM, ao CFM e à AMB proporem ADIN ao decreto, se ele sair de fato, bem como processo ético profissional contra o Ministro Alexandre Padilha e todos os médicos que estão participando desse Coup d'État contra a sociedade brasileira. Cabe também denúncia à OIT pelo regime análogo à escravidão que será imposto aos cubanos, digo, escravos cubanos importados pelo Brasil.

Para saber mais:

24 comentários:

aldofranklin disse...

Por isso que digo que esse País é lixo!
Mas ja ta tudo combinado!
Pobre= medico cubano;
Classe media= convênio popular;
Rico, Politico: Convênio Top ou Sírio Libanês ( politico a verba é pra gastar a vontade)!

Remunerar descente, aparelhar o SUS?
Conta outra! Agora convenhamos, o medico brasileiro é trouxa e nao se organiza! Esse negocio de passeata, com faixas, fazendo barulho, o povo nao ta nem ai pois aqui "cada um pensa em si"...
A organização tem que ser diferente! Mas vamos em frente!

aldofranklin disse...

Por que esse País é assim?

Heltron Xavier disse...

Ja estou até vendo os médicos argentinos, bolivianos e mexicanos e similares se dizendo vitimas de preconceito

Heltron Xavier disse...

Por que somente os Cubanos? E Os Castro deixarão eles virem? De graça é que nao é

Fernando Antônio disse...

Pior e muito pior que a Revalidação automática é a escravidão de colegas médicos, seja de que país for.

Pagarão à eles pelo PSF mil reais por mês e mandarão 9 mil por mês por médico, escravo, para o governo do país de origem.

Escravidão é anos luz pior que a própria revalidação automática, pois com certeza tem inúmeros médicos dentre estes 6 mil cubanos que são bons tecnicamente, estudiosos e trabalhadores, mas que em anos de trabalho em seu país de origem não tem as mínimas condições básicas de vida.

Heltron Xavier disse...

Outro detalhe, esqueceram de perguntar ao povo se eles querem médicos cubanos... Nao acho que seja tão simples quanto o governo pensa...

Andre disse...

Caros colegas assistam ao vídeo abaixo para perceberem a complexidade deste ato do governo. Os médicos cubanos são pobres vítimas desta esquerdoide comunista.
http://www.youtube.com/watch?v=Rtt-SvUkgSo
Andre

Andre disse...

Todo colega médico cubano que quiser desertar terá meu apoio incondicional. Tmabém lutarei até o fim para não deixá-lo ser usurpado pelo governo de Cuba, pois acredito que em nosso país não existe a possibilidade de um trabalhador não receber seu pagamento no fim do mês, mas sim a embaixada.
Que venham os trabalhadores análogos aos escravos. Vou defendê-los, pois minha preocupação com a medicina não é salarial, mas sim as péssimas condições de trabalho e a falta de uma carreira de estado.
Andre

Vandeilton disse...

Médicos cubanos desertam na Venesuela:

http://www.youtube.com/watch?v=wsFUp955nK4

aldofranklin disse...

Cada qual com seus problemas!
Ai por causa disso vou deixar eles tomarem o Mercado dos Brasileiros?
Eles que voltem pra lá e lutem contra o Governo e nao venham pra cá piorar o que ja ta Ruim!
Nao tem o meu apoio em hipótese nenhuma!
Xô...

Denise Nogueira disse...

Constituição

TÍTULO II
Dos Direitos e Garantias Fundamentais
CAPÍTULO I
DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

Note-se - atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer
Portanto qualquer decreto é inconstitucional.

aldofranklin disse...

A real dessa Treta é a seguinte:
Há uns 3000 brasileiros que fizeram faculdade em Cuba e estão doido pra voltar!

O Governo joga essa pala de falta de medico e trás os "Cubanos" qua na verdade sao Brasileiros "imitando cubanos" com o charuto de Havana na boca;

Na segunda fase da Treta eles "pedem" axilo e pimba, o Governo Concede! Dai dá uma pressaozinha no CFM pra que a moçada possa pegar seu CRM e ficar "legalizado" na pátria mãe!

Em resumo: é tudo jogo de cena pra enganar o pessoal! É treta, é jeitinho, é Maracutaias, é Brasil! O país da piada pronta!
Ps.: a lista dos "pseudocubanos" tá pronta! Essa primeira etapa é pra jogar a sugesta na Opinião publica pra ver se cola! Depois, ah, depois vcs ja sabem...
Ps2: mais um caso desvendado!
Ps3: país escroto do caralho!

Denise Nogueira disse...

Constituição

TÍTULO II
Dos Direitos e Garantias Fundamentais
CAPÍTULO I
DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

Notem- atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

Portanto, este decreto é inconstitucional. Cláusula pétrea.
Até onde eu sei não cabe um jeitinho !!!

Denise Nogueira disse...

Constituição

TÍTULO II
Dos Direitos e Garantias Fundamentais
CAPÍTULO I
DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

Notem- atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

Portanto, este decreto é inconstitucional.
Ou cabe um jeitinho???

Denise Nogueira disse...

Constituição

TÍTULO II
Dos Direitos e Garantias Fundamentais
CAPÍTULO I
DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

Notem- atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

Portanto, este decreto é inconstitucional.
Ou cabe um jeitinho???

Aloísio disse...

DENISE.. pela Constituição os "estrangeiros residentes" já tem os mesmos direitos...

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

Quanto a qualificação profissional.. Existem normas que falam em convênios internacionais e o Brasil é Signatários na ONU.. é assim que os "Médicos sem fronteira" da ONU vão pras regiões mais pobres atender pessoas carentes... É tudo permitido pelos tratados internacionais... Pesquisa sobre "Os Médicos sem fronteiras da ONU"... Eu mesmo sou voluntário na ONU e qualquer profissional pode ser.. é só preencher um cadastro no site dos "voluntários da ONU" e falar fluentemente pelo menos 01 idioma além do português.

MAURICIO disse...

Aldo

A terceira fase da treta é a seguinte:

O Camarada PC do B ou PTzão, formado em cuba vem junto na leva.

Presta concurso para o INSS e órgãos governamentais afins. Com 2 meses de casa é guindado meteoricamente para cargos de chefia médica (com rabo preso) e vão passar a tiranizar os trouxas que se mataram de estudar e trabalhar por aqui. (não terão submissão ao CFM e farão tudo que os filhos do PT mandarem para assediar os médicos formados no Brasil e suas prerrogativas.

É o fim mesmo....

Pode esperar....

Francisco Cardoso disse...

Aloisio, no caso em tela os cubanos nao terao os mesmos direitos, nao irao receber o salario diretamente, nao terao suporte de inss, nem serao descontados de IRPF e terao sua permanencia atrelada a trabalho continuo. As leis nao dao suporte para medico sem crm e nao estamos em estado de calamidade publica, necessario para a ONU agir em uma nacao.

Fernando Antônio disse...

Bolsa Crack :

Bolsa de 900 à 1350 reais por mês para a família que tiver um ente internado para tratamento da dependência do crack. Durante o período de internação e pós-internação.
Para ser usado no tratamento do dependente do crack.

Ativa em MG e SP.

Aloísio disse...

A falta de médicos pode ser uma calamidade Pública nos rincões onde não existe medicina.. quem pode decretar é o Poder Executivo.... fazer Convênio Internacional... um amigo meu fez Medicina na Bolívia e estava trabalhando numa cidade do interior baiano através de um Convênio... contrato de 02 anos... n sei se o CRM ficou sabendo disso... quantas cidades já não fazendo esses convênios pelo país? Talvez vcs estejam reclamando de algo que já está acontecendo na prática... Dilma só vai fazer a nível federal...

Francisco Cardoso disse...

Nao é pq homicidios ocorrem que defenderemos sua legalizacao.

Heltron Xavier disse...

Exato Chico na pratica corruptos e assassinos ficam livres das grades. Que tal uma lei para oficializar a impunidade?

Adriano Inacio disse...

QUE PENA QUE O OSAMA BIL LADEN ESCOLHEU AS TORRES NOS USA! DEVERIA TER JOGADO NO CONGRESSO NACIONAL EM BRASILIA EM DIA DE REUNIAO DOS CORRUPTOS! NOSSA COMO EU SONHO COM ISSO UM DIA ACONTECER!!

Unknown disse...

Tanta asneira junta! Como é possível????????!!!!! Como se pode falar de coisas tão importantes, de pessoas que dão o seu melhor para ajudar os outros de uma maneira tão trivial, tão egoísta e revelando tanta falta de conhecimentos???????????????????!!!!