domingo, 19 de maio de 2013

GOVERNO QUE SUBTRAI RECURSOS DO ORÇAMENTO DA SAÚDE EM 2012, QUE TEM MÉDIA DE GASTO POR CIDADÃO INFERIOR A MÉDIA MUNDIAL, QUE É ENVOLVIDO SEMANALMENTE EM ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO INSISTE EM IMPORTAR MÉDICOS E SE COMPARA A PAÍSES COMO CANADÁ, AUSTRÁLIA E INGLATERRA, É MUITA CARA DE PAU!

18/05/2013 18h21 - Atualizado em 18/05/2013 20h40

Governo leva importação de médicos na pauta para reuniões na OMS
Segundo Alexandre Padilha, Brasil se reunirá com Canadá e Austrália.
Ministério da Saúde estuda trazer profissionais estrangeiros para o país.

Leandro Filippi *Do G1 Campinas e Região
Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante
evento em Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)

Durante a Assembleia Mundial de Saúde (AMS), o governo vai reunir-se com representantes de outros países para obter informações sobre a importação de médicos, disse o ministro Alexandre Padilha, em Campinas (SP), neste sábado (18). O evento ocorrerá entre os dias 20 e 28 de maio em Genebra, na Suíça.

"Teremos reuniões com outros ministros da Saúde, do Canadá, da Austrália, da Inglaterra, para detalhar os programas que eles têm. E com países que possam ter ofertas de médicos pro Brasil", disse Padilha. A comitiva brasileira para o evento da Organização Mundial de Saúde (OMS) embarca neste sábado (18), segundo a assessoria do governo.

O Conselho Federal de Medicina reagiu à proposta do governo e cobra explicações. Segundo Padilha faltam médicos no país, e a proporção de profissionais no Brasil é de 1,9 por mil habitantes, enquanto na Argentina é de 3,2 e na Espanha e em Portugal é de quase 4.

Na íntegra:

Um comentário:

aldofranklin disse...

Ô "@&$);, 3 ou 4 medicos pra 1000 habitantes!
250 a 300 "pagantes" vai dar que vencimentos $$$$ ao medico? E nesse País de Miseráveis?