quinta-feira, 20 de junho de 2013

MEGAESCANDALO - PLANETA FRAUDE - OPERAÇÃO AGENDA

Operação Agenda combate fraudes no INSS em São Paulo
20/06/2013


São Paulo/SP – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (20/6) a Operação Agenda, que visa desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes contra o Instituto Nacional de Seguridade Social - INSS. 

A ação policial, na capital paulista, prendeu cinco pessoas – quatro delas são servidores públicos – e cumpriu 15 mandados de busca e apreensão. No escritório de um intermediário das fraudes, foram apreendidos R$ 32 mil em dinheiro. Ao todo, mais de 60 policiais federais foram às ruas cumprir as medidas judiciais. As buscas e apreensões, obtidas por meio de representação da Polícia Federal à Justiça Federal, foram realizadas em residências e escritórios dos envolvidos, assim como em uma agencia do INSS.

As investigações tiveram inicio em julho de 2012, a partir de suspeitas em perícias realizadas em segurados com o mesmo padrão: estavam fora do sistema, reingressavam, participavam com cerca de quatro contribuições e então solicitavam benefício por doença. Este benefício era então reiterado ou prorrogado até que fosse concedida a aposentadoria por invalidez. 

A análise deste padrão mostrou ainda que certas agências de atendimento do INSS tinham suas agendas sempre lotadas, o que indicou aos investigadores federais os pontos de atuação da organização criminosa. Participavam do esquema escritórios de advocacia, intermediários autônomos, profissionais da área médica e servidores de agências da Previdência Social.

Centenas de benefícios estão sendo analisados, pois aparentemente o bando agia há cerca de quatro anos, gerando enormes prejuízos aos cofres públicos. Como exemplo, na análise de apenas 92 benefícios, foi constatada fraude de cerca de R$ 1,5 milhão, em quatro meses. 

O inquérito policial seguirá com a análise da documentação apreendida, interrogatórios dos investigados, realização de perícias e elaboração de relatório conclusivo. Após a análise do material apreendido é que será possível realizar um levantamento da totalidade dos prejuízos causados aos cofres públicos.

O nome Operação Agenda foi dado a partir da detecção das agências, nas quais o esquema agia, sempre com as agendas lotadas para o cidadão comum.

Os presos responderão pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha ou bando, falsidade documental, corrupção ativa e corrupção passiva, na medida de suas participações. 

Jornalistas interessados em outras informações ou entrevista com o Delegado de Polícia Federal responsável pela Operação Agenda devem entrar em contato com esta assessoria até as 13 horas.

2 comentários:

Heltron Xavier disse...

http://cbn.globoradio.globo.com/editorias/policia/2013/06/20/CINCO-SAO-PRESOS-EM-OPERACAO-DA-PF-EM-SP-PARA-DESARTICULAR-ESQUEMA-DE-FRAUDES-NO-INSS.htm

Heltron Xavier disse...

4 Servidores presos em breve mais notícias