sexta-feira, 21 de junho de 2013

MILITANTES DA CUT TENTAM SE INFILTRAR EM PASSEATA E ACABAM APANHANDO

Segundo o Portal UOL

Cerca de 20 militantes da CUT (Central Única dos Trabalhadores) chegaram a ser expulsos da concentração para o protesto. Os militantes foram encurralados na esquina da avenida Presidente Vargas com a praça Pio 10, onde levaram socos e empurrões.
Os manifestantes destruíram as bandeiras e todo o material do grupo vinculado à CUT e levaram os mastros como prêmio. Pressionados pela multidão que gritava "Sem partido", os militantes deixaram o local pela rua da Quitanda. Por volta das 17h, um carro de som puxava o coro dos manifestantes.

Militantes de partidos políticos que levavam bandeiras para a passeata foram recebidos com vaias, palavras de ordem e bombas. "O povo unido não precisa de partido", gritaram os manifestantes apartidários para um grupo que levava bandeiras do PSTU, do PCB e do PC do B e descia a rua Uruguaiana em direção à avenida Presidente Vargas, onde acontece o protesto. "Sem partido", repetiam os manifestantes contrários à partidarização. "Sem fascismo", respondiam os militantes partidários.


Nota do BLOG: Quem sempre se disse representante do "povo" deve ter levado um choque (e alguns socos e empurrões) quando finalmente, após 30 anos, foram de fato apresentados ao "povo".

Um comentário:

aldofranklin disse...

Esses Prdidos de extrema esquerda querem colher benefícios politicos! Mas o povo ta de saco cheio de lero-lero!