domingo, 16 de junho de 2013

ACREDITE SE PUDER.... AÇÕES DO GOVERNO, PROJETO AVANÇADO E PROBLEMAS PONTUAIS

16/06/2013 - 12h00

Tempo de espera no INSS caiu, diz governo

DO "AGORA"

O secretário-executivo da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, disse ontem que "um mutirão de ações" do governo fez o tempo de espera por atendimento do INSS voltar a "patamares normais".

Ele concedeu entrevista exclusiva para comentar o parecer do TCU (Tribunal de Contas da União) que apontou aumento na espera por atendimento, perícia médica e concessão de benefícios entre janeiro de 2011 e igual mês de 2013.

Segundo Gabas, o relatório do TCU reflete a situação de 2012, quando houveram "problemas localizados" em alguns Estados como Maranhão, Pará e nos do Sul do país que tiveram repercussão na média nacional. Gabas diz que os problemas de gestão do INSS foram resolvidos.

O secretário-executivo admite, porém, que algumas questões fogem ao controle, como a série de pedidos de demissão de peritos no Sul, problema que atribui à dificuldade de instalar médicos em cidades do interior. "Estamos negociando com a categoria algumas modificações na carreira que facilitem a ida deles para esses locais."

O secretário-executivo da Previdência afirmou que ainda não há prazo para que o auxílio-doença sem perícia comece a ser adotado pelo INSS, mas a medida não foi descartada. O projeto foi anunciado em 2011, mas, segundo Gabas, naquela época, não estava pronto.

Gabas afirma que, agora, o projeto está "bastante avançado", mas os critérios de concessão do benefício sem perícia "têm que ser muito bem definidos" para evitar abusos. O afastamento só com atestado deverá ser restrito a algumas doenças.

Um comentário:

aldofranklin disse...

To cansado de ler tanta mentira! De ler so Bravata!
PQP, naaaaaao Soooou Idiota!
Acha que vai enganar as pessoas por quanto tempo? Uma hora a Mascara Cai, dai quando ficar no total descredito nao terá mais jeito!
Tenha calma que a hora chega!!!!