domingo, 9 de junho de 2013

Servidora se diz "Injustiçada" Aposentada à Força por Câncer. E agora Aldo?

09/06/2013
Servidora questiona benefício por invalidez
Viviam Nunes
do Agora

A ex-servidora pública Fernanda Souza Santos, 31 anos, reclama ter sido aposentada por invalidez indevidamente e sem ter solicitado o benefício.

Ela atuava como técnica judiciária do TRT 2 (Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região) em São Paulo quando, em 2010, foi afastada por problemas de saúde.

"Tenho um linfedema, que é um inchaço absurdo nas pernas. Preciso usar muletas para me locomover", diz.

No mês de maio de 2012, sem avisá-la, o tribunal a aposentou por invalidez.

"O TRT me aposentou sem os trâmites legais. Eu não passei por avaliação do médico do trabalho. Ainda posso trabalhar", reclama.

Além disso, ela diz que, por mais que tenha problema de saúde, avalia que não é necessária a concessão da aposentadoria por invalidez.

Ela acredita que poderia ser reabilitada em outra função, que pudesse interferir menos na sua saúde.

Ela também está descontente com o valor do benefício, já que ganha bem menos do que o salário que tinha quando estava na ativa.

"Fui a vários médicos e tomo medicamentos. Ainda não encontraram a cura para o meu problema, mas sei que poderei voltar a trabalhar."

5 comentários:

Heltron Xavier disse...

Por isso só reclamam da Perícia Médica do INSS

"TJ-SP vê 'falsidade' de metade dos 5.400 afastados por questão de saúde

Tribunal apura casos de 'doentes fantasmas' localizados em Madri e na Flórida e de servidores licenciados há 5 anos
05 de janeiro de 2010 | 0h 00"

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,tj-sp-ve-falsidade-de-metade-dos-5400-afastados-por-questao-de-saude,490593,0.htm

aldofranklin disse...

Esse caso dela é simples!
Uma pessoa com Linfedema importante, nao dá pra trabalhar! O problema é que ela tem apenas 31 anos e o valor da aposentadoria deve ser um troco, uma gorjeta! Dai quer fazer de tudo pra nao ser aposentada, pra fazer um valor de aposentadoria melhor!
Nao esqueçamos que ela é Brasileira e como toda boa brasileira, tem aue pensar num jeitinho pra se garantir!

Fernando Antônio disse...

Alguns casos de perícia/inss devemos solicitar um laudo de analistas/inss em psicologia, assistência social, terapia ocupacional e fisioterapia,,, abre-se de concluirmos a perícia médica/inss.

aldofranklin disse...

E eu preciso de laudo de psicóloga, de assistente social, de terapeuta ocupacional e de Fisioterapeuta pra ver um Linfedema?

Se liga nessa: peão trabalha doente depois diz que agravou no Trabalho e move processo contra o medico que atestou que ele estava apto ao trabalho...vc segura um rojão assim?

Fernando Antônio disse...

Não digo este caso, mas outros.


Neste caso, talvez para função administrativa seje possível a adaptação. Depende também da resposta e prognóstico do tratamento.