quarta-feira, 16 de outubro de 2013

A TRAGÉDIA DE TRAMANDAÍ - "MAIS MÉDICOS" QUASE MATA PACIENTE, QUE FOI REVISTO POR MÉDICOS DE VERDADE E MINISTÉRIO DA SAÚDE SE CALA.

Foi notícia nacional - Intercambista* argentino, trazido pelo Padilha e pela Dilma e colocado para trabalhar em cidade litorânea do norte do RS às custas da demissão de vários médicos brasileiros (o que diminuiu a capacidade de atendimento do posto local) conseguiu uma proeza fora-de-série: Não fez diagnóstico presuntivo, achou normal um paciente com derrame pleural e tabagista ser liberado do posto sem maior investigação, com uma absurda receita com dose potencialmente fatal de macrolídeo e o dispensou para casa, à pé. Somente um milagre fez esse paciente estar vivo ainda.

Mas vamos precisar de mais milagres, ou quem sabe de médicos brasileiros e/ou com diploma revalidado, pois relatos vindo de Novo Hamburgo, para onde o cidadão foi levado pela família após o péssimo atendimento do "Mais Médicos", dão conta de que o paciente vítima do erro do intercambista chegou a ficar sob monitoramento intensivo por um período, pois a princípio pensaram em TEP (tromboembolismo pulmonar, doença de elevada morbimortalidade se não tratada a tempo) mas durante investigação clínica foi visto a presença de massas abdominais não vistas pelo excelente intercambista do Padilha, que pelo visto também não gosta de "apalpar" os pacientes, segundo a nossa Presidanta.

Fumante, acima dos 50 anos, com derrame pleural bilateral, febre e massas abdominais. Isso poderia ser uma pergunta do Revalida 2013 e agora sabemos porque menos de 10% dos estrangeiros conseguem aprovação nesse exame, que na verdade é uma prova sumária, banal e fácil, ao contrário do que apregoa o grão petismo. 

Liberado com receita assassina, o cidadão necessitou do uso do sistema suplementar de saúde para ter um atendimento digno. Enquanto isso, nosso governo gasta bilhões com Cuba, pessoas são trazidas sem nenhuma verificação de idoneidade ou proficiência linguística ou técnica para atender os pobres necessitados, o governo esconde a nota do Revalida 2013 que, mesmo facilitado esse ano, bateu recorde de reprovações e essa foi apenas a primeira semana do Mais Médicos, que trará Mais Mortes, Mais Sofrimento, Mais Diagnósticos Errados e Mais Tragédia para nossa combalida e sofrida população dependente do SUS.

Por falar em SUS, tomara que das hipóteses diagnósticas possíveis neste caso, o cidadão tenha a mais benigna de todas, porque dependendo da doença ele irá penar pois enquanto a Presidente apalpada pelos médicos mais caros do Brasil conseguiu atendimento expresso com medicamentos caros e todo suporte em hospital particular (que não aceita SUS), o cidadão vai depender de hospitais sucateados, sem médicos e sem os remédios caros que a Presidanta usou, pois ela mesmo tratou de vetá-los para compra do SUS.

Somente agenesia de caráter explica que um político consiga dormir diante de uma decisão dessas, como a do Mais Médicos.

*este blog se recusa a chamar intercambista não revalidado de médico. Médico é quem estuda, tira diploma legalizado e, se necessário, se submete às provas de revalidação com sucesso.

2 comentários:

Heltron Xavier disse...

O que é que cês tão "Tramando aí"?

aldofranklin disse...

O Padilha não é bobo querido!

Ta caladinho esperando a poeira baixar, pois não é trouxa e sabe que além do Brasil ser o País da Impunidade, do Povo ter Memória curta, o Programa Mais Médicos é um engodo pra engabelar o povão e por fim, não tem Tutor nenhum! Se aparecer algum tutor, é naqueles esquemas que "se produzem" documentos com data retrógrada hehe...bem brasileiro! Ou não é? --- Dica Companheiro Padilha, é o que eu faria, solução customizada ao nosso país Hahahahahahaha..