quarta-feira, 23 de outubro de 2013

UM GOVERNO SEM PALAVRA? UM PROJETO DE PODER E NÃO DE GOVERNO?

Opinião
A imprensa noticiou o que todos já sabiam, menos o presidente do CFM: esse governo não tem palavra. Não havia um acordo entre o relator e o CFM, para a publicação da lei referente ao "Mais Médicos"? Inocente de quem acredita que essa turma sabe dialogar. Sabem bem de politicagem e não de política. Apenas se  valida o que é do seu interesse. Manipulam e vilipendiam tudo e todos.Vetaram a carreira federal para médicos. Mas, aprovaram tudo mais na lei do "Mais (maus) Médicos (com medo do REVALIDA - então não são médicos, pois não provaram isso. São intercambistas - Só pode ser chamado de médico quem REVALIDA o diploma)". E mais, dizem que médicos brasileiros são desumanos, com eco na imprensa,  e que trabalham apenas pelo dinheiro. Mas trazem médicos "muito humanos" que trabalham por R$10.000,00 mais ajuda de custo (uns R$3.000,00 em média). Muito humanos mesmo (pq não trabalham de graça?). Já o salário dos médicos brasileiros , os mercenários,  beira a ridículos R$2.174,30 e até menos em muitos lugares que fazem questão de que ninguém, desde que seja brasileiro,  se habilite ao cargo e assim gritar aos sete ventos que precisa chamar os intercambistas (e lucrar nas costas dos contribuintes com "economias"), vide concurso recente para especialistas em Porto Alegre - RS.  Coincidentemente, dizem que tem presidente de certa associação, aquele que  garantia que sua palavra era a "garantia", enviando e-mail informando o óbvio, de que 20 h não viriam e que a justificativa era isso e aquilo. Engraçado, mas não tinha relação íntima com poderoso do governo? Não estava tudo certo???

Ao CFM e ao certo presidente risonho e aspirante a repórter, um alerta: quem dá a mão ao diabo sempre se queima.

Para quem duvida:

http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/concursos/usu_doc/edital_128_-_edital_de_abertura.pdf

http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2013/10/23/contra-cfm-e-psdb-dilma-veta-criacao-de-carreira-para-medicos.htm

Um comentário:

Heltron Xavier disse...

Lembrou-me da fúria Gabas quando soube que um determinado ex-diretor ANMP havia gravado uma reunião com o governo.... Ora, se prova mais uma vez a necessidade quando se negocia com ele. Aliás fica a dica que gravem todas as reuniões.