quinta-feira, 10 de outubro de 2013

DURAS CRÍTICAS AO PRESIDENTE DO CFM

Para deputado Ronaldo Caiado e para a maioria dos médicos brasileiros, o presidente do CFM traiu a categoria ao firmar acordo espúrio com o Governo.

"A figura do traidor não foi perdoada nem por Cristo. Cristo perdoou assassino, criminoso, mas traidor ele não perdoou" - Deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) falando sobre Roberto D´Ávilla, presidente do CFM.


Um comentário:

aldofranklin disse...

Eu não conheço um único medico que não tenha reprovado a postura do Presidente do CFM!
Foi um verdadeiro Judas Escariotes para a classe! O CFM faz muito tempo que abandonou a defesa da Classe! Passou a ser apenas uma entidade que arrecada milhões de reais por ano pra favorecer duas dúzias de médicos que agem em interesse próprio! Vc compara com outros conselhos é de chorar! Uma classe com essa Representatividade é fácil demais massacrar é o Governo nao se fez de rogado, botou pra lascar!
Somente um idiota que desconhece politica acredita em acordo que será cumprido daqui a 3 anos! Eu nem sei se vou estar vivo amanhã?!