quinta-feira, 9 de maio de 2013

Vamos ver, de 2006 até 2012= 6 anos, os companheiros se formaram! Agora tem que trazer de volta. O PT quer fazer política com a Medicina trazendo seus cabos eleitorais para as regiões mais pobres. Nada pela saúde do povo.

Educação
PT abre pré-seleção para bolsas de Medicina em Cuba
A Secretaria de Relações Internacionais do PT está organizando o processo pré-seletivo dos bolsistas que estudarão na Escola Latino-Americana de Medicina em Cuba.

Desde 1999, o governo cubano oferece estas bolsas através de várias organizações brasileiras, entre as quais o PT. As bolsas cobrem todos os gastos com o curso, alojamento e alimentação, além de incluírem uma pequena ajuda de custo. Ficam a cargo do estudante as passagens aéreas, tanto agora como durante o curso.

A pré-seleção está sendo feita com antecedência, para garantir maior acesso aos candidatos, especialmente aqueles que não ainda precisam providenciar a documentação exigida.

O PT lembra que este é um processo pré-seletivo. A seleção final será feita pelo governo cubano. Ou seja, a pré-seleção relaciona as pessoas que serão submetidas ao processo seletivo final caso o governo cubano realmente ofereça bolsas em 2006 e caso o número de bolsas seja equivalente ao número de pré-selecionados.

Os pré-requisitos definidos por Cuba (os dois primeiros) e pelo PT (os dois últimos) para participar da pré-seleção são os seguintes:

- ter no máximo 25 anos no momento de iniciar o processo seletivo;
- ter concluído o ensino médio (ou equivalente), com obrigatoriedade das matérias de Biologia, Física e Química em todos os anos;
- ter estudado todo o período escolar em escola pública;

- ter no mínimo 2 (dois) anos de filiação partidária e apresentar carta de recomendação de instância partidária, ou seja, setorial, diretório ou comissão executiva de âmbito municipal, estadual ou nacional. Não se trata de recomendação de um membro da instância, mas sim aprovada em reunião da instância partidária.

Além destes pré-requisitos, os concorrentes devem providenciar a seguinte documentação, exigida por Cuba:

- cópia autenticada da certidão de nascimento;
- certificado de conclusão do ensino médio, com firma reconhecida da assinatura do diretor da escola;
- histórico escolar do ensino médio, com firma reconhecida da assinatura do diretor da escola;
- exame de HIV com firma reconhecida da assinatura do médico responsável;
- no caso das mulheres, exame de gravidez, com firma reconhecida da assinatura do médico responsável;
- atestado de saúde física e mental, com firma reconhecida da assinatura do médico responsável;
- certidão negativa de antecedentes penais e civis;
- fotocópia da identidade;
- passaporte válido;
- 6 fotos (duas no tamanho 4x4 e quatro no tamanho 2x2).

Esta foi a documentação solicitada pelo governo cubano nos processos seletivos dos últimos anos. Caso os critérios sejam alterados, isso será informado através da página eletrônica do PT nacional, sendo estabelecido um novo prazo para envio da documentação suplementar.

A documentação deve ser postada nos Correios até o dia 31 de outubro, sem prorrogação. O atraso no envio e/ou a falta de algum documento implicará a desclassificação automática, sem nenhum tipo de recurso nem prazo complementar. Para evitar problemas com a entrega, o PT solicita que os documentos enviados com aviso de recebimento (AR).

A classificação dos candidatos que atendam os pré-requisitos e tenham enviado toda a documentação será feita com base em suas notas, contidas no histórico escolar. Em caso de empate, a Comissão Executiva Nacional do PT terá a responsabilidade do desempate.

Quando a Embaixada de Cuba informar quantas vagas serão oferecidas, o PT enviará lista dos pré-selecionados à Embaixada de Cuba. A seleção final do governo cubano incluirá uma entrevista com o/a candidato/a, bem como análise da documentação entregue. O governo cubano, através de sua Embaixada, pode requisitar o reenvio e/ou atualização de algum documento.

O endereço para o envio da documentação é

Partido dos Trabalhadores

a/c Secretaria de Relações Internacionais
Rua Silveira Martins, 132 5º andar
CEP: 01019-000

São Paulo - SP
http://www.ptsul.com.br/?doc&mostra&14665
* Agradecimento ao Leitor Aluísio pela informação

10 comentários:

Eduardo Henrique Almeida disse...

Inaceitável discriminação das pessoas vivendo com HIV/AIDS.

aldofranklin disse...

Ei é desde 99!
Sao 7 anos de F.A.C.E.S.= Formação Avançada de Cabos Eleitorais da Saude!
Ei é esse o nome? Os outros partidos políticos sabem disso? Pôxaaaa, com esses Super Cabos ai sim, a Ré-eleicao ta garantida!
Vai PTzao!!!! É TOP!
Esquema Ninja! Tudo minimamente calculado, inclusive o caos na Saude pra justificar a vinda dos Cumpanheiros!

Heltron Xavier disse...

Em 2006 Aldo houve uma "campanha" forte e pela primeira vez se falou em se trazer médicos com discussão em plenário e participação ativa do presidente Lula. Antes não havia visualização do potencial "político" partidário doutrinador.

aldofranklin disse...

Eu lembro! Era pra trazer a "primeira Leva"!!!!
Paisinho de M****A!!!
Quero vê quem consegue manter "brilho nos olhos" nessa porra! Quero ver!!!

aldofranklin disse...

Ei Eduardo, aqui é Brasil! Aqui tudo é possível!
Fale uma coisa impossível?
O impoSsivel nao existe!

Heltron Xavier disse...

Em 1999, o PT não era governo. No primeiro mandato do Lula nao havia ninguém formado. Somente a partir de 2006 começou o desespero.
Alias depois que o MEC nao aceitou a "equiparação" currículos com a ELAM. Aí começou a Obscessao. Olha acho tem filho de gente importante na leva..... Vamos tentar a lista deles...

Heltron Xavier disse...

Caro ÊH,

Sinceramente? Acho que eles talvez não po$$uam recursos para tratamento de HIV, posto que são altamente dispendiosos, diferente da "assistência básica" e não meramente uma questão de preconceito... Talvez ambas

Diogenes Dantas disse...

O cúmulo do Maquiavelismo! Tudo minimamente calculado. Por favor, tentem repassar através das redes socias que isto chegue aos articuladores das campanhas de Aécio Neves, Eduardo Campos e Marina Silva. Bolsa família é coisa do passado, agora é Bolsa-médico de família. CFM, FENAM e AMB não nos decepcionem!!! O mistério dos 6000 cubanos foi desvendado, resta-nos impedí-lo. Parabéns a turma do perito.med!

Aloísio disse...

De nada :) :p

Herbert disse...

O modo de operar dessa turma parece ser: faço e arrebento, depois vejo se pode ou não. Se não puder, faço assim mesmo. Teve um dos últimos generais militares, presidente, que tinha um lema muito parecido com esse.