sábado, 15 de março de 2014

ESTÁ FALTANDO ÓLEO DE PEROBA PRO PADILHA...QUE TAL O PROGRAMA "MAIS CAMINHÃO PIPA"?

"Falta sinceridade ao governo estadual para esclarecer à população o que de fato está acontecendo, qual é a situação real. Falta franqueza e transparência para mostrar os riscos e apontar alternativas", disse o petista.
Pela manhã, Padilha participou de uma reunião com empresários de Guarulhos e considerou "inadmissível" o prefeito da cidade, Sebastião Almeida (PT), ter sido comunicado pela Sabesp sobre o corte via e-mail e com apenas um dia de antecedência."
Folha de São Paulo, 15 de março de 2014 (nota curta no meio do jornal) 

Falta óleo de peroba ao candidato ao governo paulista, Alexandre Padilha, que oportunisticamente ressurge das cinzas para em reunião tabelada com prefeito do mesmo partido explorar uma situação da qual seu partido possui igual responsabilidade pois toda regulamentação de águas no Brasil é feito pela Agência Nacional de Águas - ANA, cujo diretor é um agregado do seu partido com longo histórico sindical (leia aqui).

É óbvio que o governo estadual também tem sua parcela de culpa por não se antecipar aos relatórios que diziam que mudanças climáticas em curso iriam comprometer o sistema Cantareira, mas o Padilha, que foi o pior ministro da saúde da história do Brasil, responsável pela bandeira mais negativa do governo Dilma (Saúde) e ainda por cima mentor do programa Mais Escravos, querer dar uma de inocente e tacar pedra, é muita cara de pau. Falta peroba pra esse senhor.

O que Padilha fez pelo Brasil, a não ser nos envergonhar mundialmente com o maior programa governamental de escravos do Ocidente, o "Mais Médicos", que nada resolvem , apenas prescrevem sintomáticos e encaminham para "médicos" ao menor sintoma mais relevante?

Como uma hiena na savana, Padilha ficou na tocaia esse tempo todo, de "butuca", esperando o cheiro da carniça subir para atacar. 

Porém sabemos que Padilha já tem a solução para o problema (potencial) do abastecimento de água em São Paulo: Como adora escravizar e explorar o trabalho alheio, vai criar o "Mais Caminhão Pipa", onde cubanos contratados pela OPAS via Sociedade Mercantil Cubana S/A virão ao Brasil trazendo água do caribe e dirigindo caminhões cubanos distribuindo oferta racionada de água aos habitantes. Para isso o governo de Padilha vai pagar 10.000 reais à Cuba que vai repassar só 100 reais por mês aos motoristas, que não terão direito a férias, FGTS, décimo-terceiro, INSS, não vão poder namorar ou sair de casa após o trabalho e se adoecerem ou engravidarem vão ser devolvidos à Cuba. 

Como o governo Padilha não irá querer submetê-los aos testes do Detran, aprovará uma lei dispensando-os de pegar carteira de habilitação brasileira (CNH). Basta mostrar um documento similar de Cuba e uma carta de próprio punho dizendo que sabem dirigir e receberão um "RMS" (Registro de Motorista de Saneamento) do governo Padilha para se aventurarem nas ruas e estradas de São Paulo. O Detran vai protestar e um grupo de militantes pró-MST vai cercar a sede da autarquia chamando-os de elitistas e coxinhas.

3 comentários:

Paulo Castro disse...

A história não é bem assim...ontem mesmo a CBN informou que a Sabesp já havia feito um comunicado com certa antecedência, de que as cidades deveriam reduzir o consumo em cerca de 15% e Guarulhos reduziu somente 2%, por isso está sofrendo o corte. Petista não tem jeito: a mentira está no DNA! Mas esse Padilha é tão idiota que dá argumentos para a oposição, pois a falta de chuvas prejudica a geração de energia elétrica e a presidanta estimulou o aumento do consumo forçando a redução do preço da energia.Isso quebrou o setor elétrico que agora precisa do resgate do Tesouro e do aumento da tarifa para se equilibrar. Não vi o governo de São Paulo estimulando o aumento do consumo de água no passado. Será que a Dilma irá para a TV dizer que o povão tem que reduzir o consumo de energia e que ainda assim a conta vai aumentar?

Paulo Castro disse...

Do site da Sabesp:

http://site.sabesp.com.br/imprensa/noticias-detalhe.aspx?secaoId=65&id=6151

O que comprova que esse Padilha tem nível superior, mas é um completo analfabeto ético!

Expeditp disse...

Senhores... vcs realmente acham que só no INSS ocorrem ingerências?
Com certeza não...

Transfiram as mesmas palhaçadas e desmandos para o setor elétrico; o custo da energia no mercado livre nas alturas, um desconto na conta de luz (medida igual ou mais eleitoreira que os mais médicos); pronto a receita para um apagão está preparada.

Mas mesmo que o tal apagão não ocorra... algo inevitável está por vir; o aumento da conta de luz nos próximos 5 anos pra pagar juros e dividas que o governo Dilma fez em seu nome e vc nem imagina.

Vc pode não saber; mas estará pegando empréstimo a juros bem altos... e vai pagar em inúmeras prestações embutidas em sua conta de luz..

O custo desta brincadeira só esse ano; 21 bilhões.

O custo desta brincadeira desde o ano passado até agora 62 bilhões; injetados nas concessionarias que pagam preços muito altos no mercado livre de venda de energia...

Assim o que se vê no INSS... está em todas as áreas. Educação, Saúde, Energia...

Dilma será reeleita com certeza pois fez seu dever de casa. E a população apoia e idolatra.

Pois a população faz exatamente o mesmo; deve mas não paga. faz empréstimos de casa.. carro... contanto que nunca será demitido...

Quando o Brasil entrar na espiral de recessão, bolha imobiliária e apagão aí será a hora de culpar a senhora Dilma.

"Mais Médicos", gasolina subsidiada, energia elétrica subsidiada... INSS com seu rombo gigantesco.

O Brasil já tem seus ingredientes prontos para ser uma nova mistura de Venezuela com Grécia...