segunda-feira, 1 de abril de 2013

MEDICINA DOMINADA PELO ESTADO

01/04/2013 15h59 - Atualizado em 01/04/2013 18h07

Governo lança programa para diminuir erros médicos
10% dos pacientes no Brasil são vítimas de falhas, indica estudo.
Hospitais que não criarem núcleo de segurança serão fechados, diz ministro.

"De acordo com o ministro da Saúde, os núcleos deverão fazer monitoramento constante das práticas médicas. O hospital que não instalar o núcleo poderá ser fechado. “Todos os hospitais terão como principal sanção a cassação de seu alvará de funcionamento, caso não tenha o Núcleo de Segurança do Paciente”, afirmou Padilha. Segundo ele, alguns hospitais já possuem profissionais atuando nesse tipo de serviço, enquanto outros deverão fazer remanejamentos ou novas contratações para atuação na área."

Leia impressionante íntegra:

5 comentários:

Heltron Xavier disse...

E quando detectarem que 90% dos erros estão relacionados a irresponsabilidade de gestão publica como falta de equipamente, medicamentos, funcionários, material de limpeza e o mais?

E se quando faltar o fio, o RX e o soro, o governo será punido?

Francisco Cardoso disse...

É ótimo pois na verdade esses núcleos de segurança são inspirados em modelos oriundos desses programas de acreditação hospitalar e qualidade hospitalar.

Agora teremos como mostrar que os atrasos e erros são na maioria consequencia da falta de equipamentos, profissionais, insumos e da exploração dos profissionais submetidos a alta carga de trabalho por conta de preços aviltantes pagos.

Aliás, um desafio: Por que o Ministro não submete os hospitais aos processos de acreditação? Medo de que? De levar pau na nota de infra-estrutura?

Regi disse...

O Termo certo é erro sanitário !

Favor o CFM tomar providências para explicitar a semântica.

Tudo é erro médico para os políticos,os gestores e para a população !

Hora de separar tais erros! Tenho certeza que 95% dos casos deixarão de ser definidos por erros médicos.
O restante sera por outros profissionais e por causa das instituições que não dão suporte!

aldofranklin disse...

E nao precisava nem ser aquele "selo importado" da JCI, pode ser o Abrasileirado mesmo...
Esses hospitais públicos que consegue o selo nacional tem aquele esquema maravilhoso das Organizações Sociais onde fica "os cabeça" mamando nervoso e o restante dos médicos ganhando uns trocados, tem até quarterizacao..o que vai de encontro com os valores mixaria pagos aos medicos bolivianos que atuam por exemplo na periferia de SP.

Pra gente deixar mais rico, vai o link:
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/planejamento/organizacoes_sociais/

Agora vc acessa os Contratos que tem o nome dos "cabeça" que mamam nas tetas da Prefeitura de SP!

Tem um desse ai que as más línguas falam q leva 400 mil por mês pra casa! Ôô Gente Maldosa!
Graças a Deus só tenho amor no coração!!

Regi disse...

http://achadoseconomicos.blogosfera.uol.com.br/2013/04/01/com-dilma-renda-de-empregado-do-setor-privado-sobe-mais-que-a-do-servidor/