sexta-feira, 4 de outubro de 2013

CLIMA ANDA QUENTE EM BRASÍLIA....

Essa terça que passou, determinado diretor do INSS despachou logo de manhã com o Presidente do INSS. Foi duramente cobrado por atitudes e planejamentos de ação diante dos resultados pífios que vinha apresentando e ouviu reclamações sobre a falta de alternativas apresentadas por sua pasta.

O referido diretor saiu espumando para a sua sala e momentos depois desabafou para um de seus pares que o presidente nem parecia a pessoa humilde que bateu em sua porta, meses atrás, pedindo ajuda para resolver os problemas do INSS. Em seguida começou a falar mal dizendo que ele era um despreparado em gestão e sem conhecimento nenhum, um leigo em termos de previdência social. Disse também que já havia procurado o Comissário dizendo que do jeito que está ele não ia ficar mais, que preferia voltar para a sua antiga posição pois "este presidente não sabe o que quer".

Agora eu entendo porque tem esses cartazes espalhados no Prédio Central...


5 comentários:

aldofranklin disse...

Ano passado nao teve a Eleição pro Troféu Pinochio!
Esse ano a disputa tá apertadíssima! Tão disputando cabeça a cabeça!
Na boa, acham que medico e otário? É elite intelectual e que sabe avaliar! Pena que não podemos falar tudo qe pensamos! E esse Diretor? Ah, muito difícil acertar quem é! Ele já quer voltar pra antiga boca? Aquela que ele não fez nada? Parece noite de São João, so pirotecnia e fogos no céu! Nunca fez nada, só é bom de papo, fala manso, mas resultado prático que é bom, NADA! Ah, gosta de viajar, um bom hotel, uma taça de vinho....ah, ate eu que sou mais bobo! Pronto, falei! Ops, escrevi....há há há

Eraldo Simões disse...

Lendo este post acho que todos ficam com vontade de balir

Alexander Kutassy disse...

Até nisso o a presidência do INSS anda atrasada. Coisa de passar bronca fundamentada - neste diretor, por sinal - já é exemplo de ação deste blog há muito tempo. Aguardo o píncaro das notícias: "No dia de ontem determinado presidente do INSS despachou logo de manhã com o Ministro da Previdência. Foi duramente cobrado por atitudes e planejamentos de ação diante dos resultados pífios que vinha apresentando e ouviu reclamações sobre a falta de alternativas apresentadas no âmbito da sua responsabiilidade"....

Thiago Matos disse...

É impressionante o quanto a Casa Civil definitivamente NÃO acompanha a lambança e caos na gestão da Autarquia. Será que nossa Presidenta acompanha tudo de perto? Será que não lhe informaram que a perícia é completamente diferente da assistência médica do SUS, onde NÃO se pode colocar um terceirizado para substituir, nem mesmo um " made in Cuba"
E logo logo virá mais uma atribuição para o Perito: aposentadoria especial para deficientes físicos, recém-aprovada pelo Congresso. Será que não perceberam que cada vez mais o Estado precisa da Perícia Médica?
Onde está a Casa Civil que não vê o caos e colapso no setor de Perícias Médicas do INSS?
Alô Presidenta! Ano que vem tem eleições!
Não há resolução para o caos no INSS que não passe pela valorização da Perícia Médica! Temos são 8 anos e ainda não aprenderam?

PauloVieira disse...

Na minha leitura, o atual Presidente do INSS tem se mostrado sensato e hábil no comando da Autarquia e caso tenha o arrojo de sugerir á sociedade brasileira e ao Governo a criação da Perícia Médica da União, com lotação distante da Previdência Social, poderá deixar seu nome na história contemporânea da Administração Pública deste País.
Terá o maciço apoio daqueles que mais entendem do problema, os Peritos Médicos do INSS, na operacionalidade do novo modelo, o qual determinará novo e promissor rumo para a solução de problema que se arrasta há mais de três décadas na Previdência Social.
Os Peritos do INSS estão a postos e aguardando razões consistentes para voltarem a colocar o Brasão no peito, Presidente!