quinta-feira, 9 de maio de 2013

AO INVÉS DE MELHORAR O CAOS DA SAÚDE, GOVERNO QUER MÉDICOS ADAPTADOS AO CAOS

Cuba tem mesmo uma medicina avançada?
O país construiu hospitais e formou médicos de boa qualidade na época em que recebia petróleo e subsídios soviéticos. Com o fim da União Soviética, tudo isso acabou. O salário mensal de um cirurgião não passa de 60 reais. A profissão de médico é hoje a que menos pode garantir uma vida decente e cômoda. A carência nos hospitais é trágica. Quando um doente é internado, todos os seus familiares migram para o hospital. Precisam levar tudo: roupa de cama, ventilador, balde para dar banho no paciente e descarregar a privada, travesseiro, toalha, desinfetante para limpar o banheiro e inseticida para as baratas. Eles não devem esquecer também os remédios, a gaze, o algodão e, dependendo do caso, a agulha e o fio de sutura. 

Um comentário:

aldofranklin disse...

Tirando o salario o resto ta descrevendo o SUS do Brasil!
Que onda né?! Como podem ser tão parecidos na América!