segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

MAIS UMA VEZ GOVERNO PARECE TER ATROPELADO A OPINIÃO MÉDICA

O Governo Federal anuncia querer tornar Simples, um questão Complexa, universalizando oferta e distribuição de medicações anti-retrovirais para todos os tipos de pacientes soropositivos. 

01/12/2013 - 13h15

Governo amplia oferta de antirretrovirais a todas as pessoas com HIV


Médicos criticam que a questão deveria ter sido melhor discutida e que as medicações possuem efeitos colaterais que precisam ser monitorados de perto sob risco de agravamento.

Unidade básica não está preparada para lidar com Aids, criticam médicos

3 comentários:

aldofranklin disse...

Aqui é Brasil, terra de selvagens!
Tenha cuidado para nao tomar uma flechada!

Francisco Cardoso disse...

São coisas diferentes, cuidado.Uma é autorizar o tratamento de todos. Isso já ocorria mas agora é oficial.

OUTRA, bem diferente, é acabar com os SAE DST Aids e devolver todos para a rede comum (UBS). De fato, as UBS não estão preparadas para isso ainda. E os pacientes não querem perder os privilégios e entrar na fila comum das UBS.

E.G. disse...

Em seguida começam a vir os milagres da administração PT. A cura do cancer via decreto, a declaração de país livre de discriminação. Mas milagre mesmo seria ela acabar com a corrupção no seu partido.