terça-feira, 3 de dezembro de 2013

CURTAS

O Governador do Estado de Sergipe Marcelo Déda faleceu este fim de semana no Hospital Sírio-Libanês. Ironicamente, mais uma vez, o destino põe a Medicina diante de um Político Petista. Mesmo se tratando de patologia grave de alta mortalidade começam as teorias das conspiração esquerdistas sobre a conduta médica em suposta retaliação ao massacre médico promovido pelo Partido do Governo Federal. Deveriam antes de tudo refletir sobre a importância da medicina de qualidade e o impacto de bons e maus médicos nas vidas das pessoas.

3 comentários:

Francisco Cardoso disse...

Se temem os médicos a tal ponto, de achar que teríamos poder sobre um câncer agressivo, porque não procuraram um médico cubano?

aldofranklin disse...

É o qe sempre a gente fala!
Politico Petista, graúdo, empresários: Sírio Libanês!
Classe media, trabalhador de grande e media empresa: Convênio!
Pobre, ralé, miserável: Mais Medicos!

Heltron Xavier disse...

Hugo Chaves falava que a CIA tia implantado Câncer em todos os Presidentes da América Latina... É por aí. A ignorância no Poder não tem limites....