terça-feira, 17 de dezembro de 2013

PROFISSÃO PERITO

17/12/2013 12h56 - Atualizado em 17/12/2013 12h56
Aposentado morre dentro da agência do INSS no Centro de Curitiba
Homem de 57 anos morreu na manhã desta terça (17); ele desmaiou na fila.
Atendimento ao público teve que ser transferido para ourta parte do prédio.

Do G1 PR

Um aposentado de 57 anos morreu dentro da agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), no Centro de Curitiba, na manhã desta terça-feira (17). Segundo a assessoria de imprensa do instituto, o homem desmaiou dez minutos após entrar na agência quando tentava pegar a senha para ser atendido. Ele foi socorrido por dois seguranças que acharam que ele estava sofrendo um ataque epilético. Em seguida, um médico perito foi chamado.

O médico que fez os primeiros socorros acionou uma ambulância do Samu, que segundo a assessoria, chegou em sete minutos. Mesmo com os atendimentos, o homem não sobreviveu. A causa da morte não foi divulgada. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML).

O homem tinha conseguido a aposentadoria em maio e foi até a agência para buscar as carteiras de trabalho que tinham sido anexadas no processo. Durante a emergência, a área de perícia médica foi isolada e os atendimentos foram transferidos para outro local dentro do prédio.


Um comentário:

ED TOR disse...

Fico pensando no perito médico ajoelhado ao lado do doente , tentando ajudar , usando os poucos ou nenhum recurso que tenha . Depois de manobras de reanimação ( que fazem o médico suar muito , saibam disto) e depois de entregar o doente para o SAMU ,é MANDADO DE VOLTA PARA A "CASINHA" ,VOLTA PARA O TRONCO.
Voces ja pensaram como estará o interior deste médico ( que é humano e tem sentimentos)? Será que ele não está ferido também na dor , na sensação de impotência frente a morte?
Fala-se muito em humanização... mas quem pensa em tratar os médicos como seres humanos e não como prestadores de serviço, que acabado um serviço pula para o outro ser deixar nada e nem levar nada de sentimentos.....