sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Quem viver verá

A teleologia do Caos Previdenciário aponta para um fatídico cataclismo na Perícia Médica que abalará as estruturas da autarquia e da Sociedade. A data será numa segunda-feira em 01/07/2013, quando ocorrerá a mais que merecida e penosa progressão de 440 Peritos Médicos Previdenciários remanescentes do lendário "Curso Pé-na-Cova" para último nível da carreira com plenas condições de aposentadoria administrativa. Isso mesmo. Independente dos próximos pacotes de maldades e mesmo contando com os quadros demenciais limítrofes que optarão pelo "Abono de permanência", o Exonerômetro de Julho será recorde e turbinado. Quem viver verá...

Um comentário:

aldofranklin disse...

E não é ao isso! Trata-se de perda de capital intelectual importante tendo em vista tratar-se de Peritos Experientes, com grande janela de aprendizado! E a Autarquia com seus Gestores meia bocas foram insuficientes pra ao menos repor as perdas! Nos últimos 3 anos salvo engano, beira aos 25%!
Mas alguém acha que tem algum Gestor preocupado? Eles tão pouco "sifu" pra situação tendo em vista que aqui ninguem é preso por incompetência, por improbidade administrativa, por corrupção ou por desvios éticos!
O país e tão errado, mas tão errado que os sérios já estão cansados!
E sinceramente fico com o "Justo Veríssimo": eu quero é que se exploda! Já que é pra avacalhar, vamos avacalhar! Pra que compromisso com Erário? Pra que arriscar a vida se o chefe não tá nem ai? É vc que vai salvar o Brasil? Acorda né Mané!
Como diz o pessoal: Nao quero saber quem morreu, quero acender vela e chorar! Né não?!