quarta-feira, 25 de setembro de 2013

MG TV - Médica do INSS ameaçada


Idoso ameaça médica durante perícia e é preso em Divinópolis
Ele achou que não teria benefício concedido e fez a ameaça', diz delegado. 

Idoso de 75 anos foi preso em casa, pagou fiança e em seguida liberado.
25/09/2013 20h31 - Atualizado em 25/09/2013 20h42


Do G1 Centro-Oeste de Minas

Um idoso de 75 anos foi preso depois de ter ameaçado uma médica perita de morte, por receio de não conseguir o benefício de aposentadoria por invalidez d urante uma perícia de rotina na agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Divinópolis. Segundo a gerente da agência, Aparecida Nunes Ferreira, ele já estava recebendo o benefício, mas houve uma denúncia de que ele estava trabalhando, por isso foi chamado novamente para outra análise. 

A médica contou à Polícia Federal que foi ameaçada pelo idoso dentro da sala de exames. No local tem uma placa que orienta que desacato é crime e a pena é detenção de seis meses a dois anos ou multa. "O beneficiário pensou que teria o benefício cortado, então ameaçou a médica de morte", contou o delegado federal Benício Cabral.

Ainda de acordo com o delegado, a ameaça é um tipo de crime ainda mais grave do que o desacato e a pena pode chegar a até quatro anos de prisão. " É preciso ter consciência do que se diz na hora da raiva, porque é importante pensar que cabem outros meios, como recorrer ao Judiciário, fazer outras perícias, até encontrar outras alternativas para mudar a situação, que por ventura a pessoa está discordando", ressaltou o delegado federal.

O INSS faz, em média, 100 perícias por dia. No local, desacatos já aconteceram, mas ameaça, foi a primeira vez. "O perito não dá benefício a ninguém, ele apenas analisa se a pessoa está apta a trabalhar ou não", ressaltou Aparecida.

O idoso foi interrogado, pagou fiança de um salário mínimo e m seguida liberado. Agora ele vai responder judicialmente. A agência do INSS irá ainda irá avaliar se haverá uma nova perícia ou não.

3 comentários:

Fernando Antônio disse...

Houve uma ameaça pelo 135 na APS Goiânia-Centro onde o segurado se identificou e fez a ameaça.

A procuradoria do INSS acionou a polícia federal que vai abrir processo de crime e indenização contra o segurado.

Fernando Antônio disse...

Ameaçou, agrediu, mal tratou ...

As perícias do dia estão automaticamente todas suspensas e
vamos todos os servidores e segurado envolvido para a delegacia fazer o termo circunstanciado de ocorrência e marcação da audiência com o Juíz criminal.

Rodrigo Muller disse...

Surtei. . Médico do INSS ofereceu denúncia a polícia federal e estou sendo acusado como um marginal.
E o.pior com meu próprio dinheiro e contribuição.