domingo, 8 de setembro de 2013

GABAS SE RECUSA A INVESTIGAR PRESIDENTE DO CNC

Do Diário do Poder de 07/09/2013


O atual presidente do conselho fiscal do Sesc, Carlos Eduardo Gabas, que é também secretário-executivo (nº 2) do Ministério da Previdência, assinou ofício afirmando que “abster-se-á” de apurar irregularidades na gestão de Antônio de Oliveira Santos, na Confederação Nacional do Comércio. As anomalias foram apontadas pelo conselho nos relatórios de 2011 e 2012. Gabas ganhou o cargo de Antonio de Oliveira Santos.

Os relatórios no Sesc apontam transferência de recursos para financiar atividades de terceiros e duplicidade de pagamentos, entre outras.

Gabas não esmiuçou as contas do Sesc alegando que o caso estaria sub judice. Mas os deveres do conselho fiscal não foram cancelados.

Presidente da CNC desde 1980, Antonio de Oliveira Santos dá cargos até a ministros, como Gilberto Carvalho, para ficar “bem” com o poder.

Há 33 anos como presidente, Antonio de Oliveira Santos colocou a CNC à margem das decisões nacionais, ao contrário da CNI, CNT etc."

Nota do BLOG: Já não é a primeira vez que Gabas atua no sentido de ajudar amigos. Em 2010 suspendeu uma punição anulando um PAD de 2003 permitindo que um deputado maranhense, ex-funcionário do INSS,  pudesse tomar posse no Congresso bem como receber seus atrasados desde 2003 (http://oglobo.globo.com/eleicoes-2010/ministro-da-previdencia-ajuda-deputado-maranhense-fugir-da-cassacao-4982895).

Como técnico do seguro social de confiança do governo, Gabas deve entender tudo de comércio. Somente isso explica sua colocação como Conselheiro Fiscal do SESC. A Confederação Nacional do Comércio certamente saberá explicar porque existe essa promiscuidade entre governo e entidade civil. Além desta boquinha, Gabas também desfruta de cargo no Conselho de Administração da Dataprev e da Novacap segundo consultas públicas. Para quem acha estranho um servidor exclusivo do governo poder sustentar filhos nas faculdades de medicina mais caras do Brasil e circular de Harley Davidson aqui e nos EUA, agora não deve achar muito estranho pois com tanto "bico" fica fácil explicar os gastos elevados.

3 comentários:

ED TOR disse...

Este não é o cara da PROMESSA COM O JARBAS SIMAS?
A promessa de 20 horas sem redução de salários?

Que coisa!

fernando luiz borges disse...

CADA CARGO DESTES SIGNIFICA UN APORTE DE PELO MENOS 30.000 REAIS DE GRANA, AINDA NAO SABEMOS QUANTO GABAS RECEBE MAS A JULGAR POR OUTROS EXEMPLOS NA REPUBLICA, A COISA ESTA BOA PARA ELE. TEM INCOMPATIBILIDADE DE HORARIO ?? CLARO QUE NAO SUAS MULAS.

E.G. disse...

Aplica-se o ditado:

O governo tem uma gabas na manga.