quarta-feira, 24 de outubro de 2012

ROTINA DO ABSURDO - CASO SANTOS



5 comentários:

Heltron Xavier disse...

Chama a atenção o fato do PREMEDITADO. Ela voltou 1 semana depois da cessação e armada, o que demonstra claramente a percepção do que objetivava: matar um perito.

Heltron Xavier disse...

A propósito creio que o colega Vítima não pertença mais ao quadro do INSS. Por que será?

Heltron Xavier disse...

"Esta segurada TRABALHOU fazendo o faturamento da empresa do namorado durante todo o período em que esteve afastada e recebendo do INSS.

Ela esfaqueou o DR Gustavo por ter sido ele um dos que cessaram seu benefício (era uma perícia de reconsideração). Dra Jane, que testemunhou tudo e socorreu o Dr. Gustavo foi chamada como testemunha da acusação. Até aí tudo bem. o mais incrível é que dois peritos foram arrolados como testemunha da defesa (A chefe do SST e uma perita aposentada que na época dos fatos havia também indeferido a segurada).

Os funcionários administrativos que darão depoimentos, por medo de se comprometer, já avisaram que declararão não "se lembrar de nada".

O Dr Gustavo exonerou-se do INSS, reside hoje em XXXXXXXX e já informou que não vai comparecer ao julgamento"

Depoimento assustador de Perito Local sobre os fatos

Francisco Cardoso disse...

Esses funcionários do INSS são uma vergonha.

Sandra disse...

MAs que NOjentinha essa,viu? Mas não vai passar impune não...