quinta-feira, 27 de outubro de 2011

BOATARIA SOBRE AS 30H CAUSA HISTERIA NOS SERVIDORES DO INSS


A angústia e a urgência sentida pelos servidores do INSS com o tema das 30h está deiAdicionar imagemxando-os em absoluta histeria. Hoje, que segundo o Presidente do INSS, seria o dia de se dar a "boa nova" aos funcionários, foi marcado pelo silêncio das autoridades e uma onda de boatos e notícias falsas envolvendo a cessão das 30h por parte do Governo Federal.

Praticamente todas as assessorias de imprensa dos sindicatos e órgãos representativos dos servidores do INSS publicaram essas notícias como se verdadeiras fossem, e elas espalharam-se pelo país, de Roraima ao Rio Grande do Sul, como se fosse fogo em fio de pólvora.

Ao meio-dia surgiram notícias de uma suposta entrevista do Ministro Garibaldi onde ele anunciaria as 30h aos servidores. A entrevista existe (a partir do minuto 18), mas as 30h não são anunciadas, e sim prometidas.

Em seguida notícias de que o Ministro Garibaldi havia publicado em seu twitter que a AGU havia dado parecer favorável as 30h. Novamente mentira, em nenhum twitter ligado ao INSS (Presidente Hauschild, Ministro Garibaldi, Previdência Social) existiu essa notícia.

Logo após uma tal "Portaria 872 do MOG (sic) de 27/10/2011" com texto amplamente favorável, cedendo as 30h a todos os servidores lotados em atendimento ao público, percorreu o Brasil à velocidade da luz e fez explodir do Oiapoque ao Chuí uma onda de alegria. Mas a "Portaria" era mais uma mentira, e era a terceira barriga emplacada em seqüência pelas assessorias de imprensa sindicais, que acabaram assumindo o erro no final do dia de hoje.

Como sempre existem os chatos, estes começaram a ir "atrás das fontes" e viram que tudo não passava de uma grande mentira. Que um candidato a "humorista" em algum lugar do país estava tirando onda com os colegas.

Por fim, todos foram embora estressados, angustiados e não se sabe o dia de amanhã, que deveria ser um dia de feriado a ser comemorado com uma "boa nova (c) C.E.Gabas 2011" mas vai ser amargado num dia de labor inesperado, graças ao capricho da Presidenta Dilma, que desrespeitando todos os servidores públicos, mudou o ponto facultativo do dia 28/10 há menos de 4 dias, sem aviso prévio.

E depois perguntam porque os servidores do INSS andam tão insatisfeitos.

10 comentários:

INSSano disse...

vou acabar tendo um treco......

Anderson disse...

A AGU deu parecer favorável sim, segundo ministro. Ele colocou no seu twitter o link para a transcrição da entrevista (onde ele faz tal afirmação), que está na sua página no facebook.

Paulo Antônio disse...

Vi 2 corpos caindo pela janela do meu apto. Deviam ser servidores do INSS

Heltron Israel disse...

O link do twittervpara o Facebook foi colocado após as 18:00 conforme consta lá. De qualquer maneira, apenas promessas.

http://t.co/oQ56lNKx

Heltron Israel disse...

Alguém viu o Dito parecer? Acho está informação suspeitissima...

Paulo Antônio disse...

www.fenasps.org.br

Francisco Cardoso disse...

A AGU possui mais de uma dúzia de pareceres contrários. Se mudar de opinião, as ações judiciais que ganhou poderão ser revertidas contra a União.
O post do twitter é do fim do dia e remete ao facebook.
São apenas promessas, nada além disso.
No parecer de 2010 a AGU tb dizia ser favorável, apenas a quem não tinha carreira própria.

perito disse...

Na próxima segunda-feira, 31 de outubro, o presidente do INSS, Mauro Hauschild, vai anunciar oficialmente o restabelecimento da jornada semanal de 30h para os servidores das agências do Instituto. A Portaria restabelecendo as 30h será assinada em Brasília, na presença do Ministro da Previdência, Garibaldi Alves, e de entidades representativas dos servidores, como Sindpsrev/RJ, Anasps e Fenasps. Inicialmente prevista para o dia 27/10, a cerimônia passou para 31 de outubro devido à mudança — de 28/10 para 14/11 — no feriado do ‘Dia do Servidor Público’. A informação é do diretor do Sindsprev/RJ Rolando Medeiros, um dos representantes do Sindicato nas conversações realizadas com o presidente do INSS nos últimos meses, tendo por base o restabelecimento das 30h.
No mesmo dia 31/10, às 16h, acontecerá no Sindsprev/RJ a reunião do Grupo de Trabalho (GT) do INSS, com participação de dirigentes das regionais do Sindicato. Na pauta: informes sobre a tramitação do Projeto de Decreto Legislativo (PDL) nº 2.304, que devolve os descontos dos dias parados na greve de 2009; condições de trabalho nas agências e gerências, campanha salarial unificada do funcionalismo, luta pela incorporação das gratificações, ação dos 28% e restabelecimento da jornada semanal de 30h.
“O restabelecimento das 30h será uma conquista de toda a categoria, e por isso é tão importante que os sindicatos continuem na luta para estender essa jornada a todos os servidores do INSS. Quem trabalha nas chamadas atividades-meio também faz atendimento e deve ter as 30h, que é a jornada histórica da nossa categoria”, afirmou Rolando.
Segundo veiculado pela Fenasps (Federação Nacional) em sua página na internet, o Ministro Garibaldi Alves teria afirmado, em recente entrevista, sobre a existência de ‘parecer’ favorável da Advocacia Geral da União (AGU) sobre a adoção de turnos ininterruptos no INSS (30 horas).
.

Heltron Israel disse...

Excelente noticia perito.

Francisco Cardoso disse...

Já mudaram a data para 10/11