domingo, 13 de fevereiro de 2011

A PSICOLOGIA DO TRABALHO E A MISSÃO INSTITUCIONAL NO INSS

A Pós-Graduação em Medicina do Trabalho – que todos os peritos devem ter - ensinou-me muita coisa interessante. Principalmente sobre as relações de empregadores e empregados. Mostrou que a relação entre eles, com raríssimas exceções, em determinado momento será conflituosa e por isso existem a leis de proteção aos sindicatos e membros eleitos (CIPA). Mostrou o quanto é importante em qualquer ambiente de trabalho uma Equipe de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho. E também como no INSS fazemos quase tudo errado. Pura verdade. Apesar de alguns avanços, a missão do INSS atualmente ainda está na contramão da qualidade do trabalho pericial. É o que dizemos quando as normas estão dissonantes da forma prática para se chegar ao melhor resultado segundo os expostos. Por sinal, onde estão os nossos Médicos do trabalho?
Leia mais:

5 comentários:

Vandeilton disse...

Que aula, héim?
Parabéns. Disse tudo!

Perita Judicial disse...

Dr. Heltron,
Já que o Dr. está indo nessa linha de tentar entender a dinâmica do trabalho, aconselho a leitura de outro livro do Dejours: " A loucura do Trabalho"

aldofranklin disse...

ha segmentos do texto extraIDO DA tese de mestrado da Dra REGINA MÁRCIA RANGEL DE OLIVEIRA

Heltron Israel disse...

Há sim. De outros autores também. Depois colocarei a bibliografia completa.

Heltron Israel disse...

Existe apenas uma aplicacao do que já foi dito para o Inss.