segunda-feira, 11 de março de 2013

HISTERIA DO PRESIDENTE DA ANMP MACULA CAMPANHA ELEITORAL E DEMONSTRA IGNORÂNCIA SOBRE O QUE ESCREVE.

A histeria do Presidente da ANMP ao ver o reconhecimento público deste blog como um meio legítimo de trocas de informações e opiniões sobre a perícia médica associada à profunda inveja que lhe causou o fato notório deste blog ter sido identificado como causa principal do desmonte da farsa do fim da jornada estendida o fez disparar na estrutura institucional um raivoso e-mail onde valendo-se do cargo de Presidente inicia uma série de inverdades e calúnias sobre a chapa 2, apoiada por este blog.

Não estamos aqui para amplificar as baixarias deste senhor, mas o fato mais uma vez comprovado do uso da máquina para favorecer a sua chapa de predileção, como no caso do photoshop, e atacar a chapa ao qual tem profundo medo que vença, ultrapassou todos os limites do bom senso e por isso ele será julgado pelo Conselho de Ética da ANMP.

Mas cabe a este blog mostrar ao leitor algumas incorreções feitas pelo histérico presidente em sua análise sobre a chapa 2:

1) Quando fala que a chapa 2 faz campanha de "falácia" para depois dizer que a própria inscrição da chapa é uma "falácia" por ter membros de uma suposta associação "rival", a acusação aqui não seria falácia e sim uma tentativa de infiltração ou golpe pois a inscrição não é uma argumentação, é um ato de ofício concreto. Logo, na lógica deturpada do presidente, a inscrição da chapa 2, por ter membros do sindicato, seria uma invasão, jamais uma falácia. Falácia é ele dizer isso. ELE cometeu falácia, não nós.

Falácia é justamente ele ligar membros do sindicato a destruição da ANMP. Ou seja, quem cometeu falácia foi o distinto senhor presidente da ANMP, não a chapa 2. É necessário um mínimo de estudo para poder sair por ai criticando A, B ou C. Simplesmente o presidente da ANMP nos parece desprovido do mais básico arcabouço de conhecimentos pois senão não diria uma idiotice dessas, em público ainda por cima.

Aliás, vindo de quem disse que a projeção era um fenômeno da psiquiatria, não me espanto com mais nada. Se não sabe nem isso, o que dirá saber do termo "falácia".

Por fim cabe dizer que o sindicato jamais pregou o fim da ANMP, muito pelo contrário, e que este blog chama a ANMP de defunta pois é justamente isso o que a presidência deste senhor fez com a ANMP: Matou a sua alma. Virou um zumbi associativo e isso eu disse em 2011, não foi agora não.  

Chutar cachorro morto é fácil, até seu criador o está chutando e com força. Difícil é você estudar e ver as tendências para afirmar, 2 anos atrás, o que aconteceria hoje e isso não é coisa de oráculo, como jocosamente insinua, é coisa de quem estuda. 

O motivo de membros do sindicato quererem se candidatar à ANMP é em primeiro lugar por terem esse direito por serem filiados à ANMP já que o sindicato jamais pregou desfiliação da associação e segundo para salvar a ANMP na mão desse tipo de incompetência.



2) O presidente da ANMP parece que também não entende de matemática e economia pois usa a média simples do gráfico que publicamos aqui para dizer que em seu período os peritos ganharam mais do que no período de Eduardo Henrique. (Veja aqui o gráfico). De fato, jogando na média simples os peritos tiveram média de 13,3 SM na era EHRA e 14,6 na era GGO. O problema de se usar a média simples nesse caso é o viés de análise pois as bases comparativas são totalmente diferentes.

EHRA iniciou a ANMP em um período que não existia carreira. Ele liderou a greve e construiu a carreira que fez com que houvesse uma brusca elevação do patamar de rendimentos. Óbvio que o período em que os peritos ganharam menos E DEIXARAM de ganhar graças à ação de EHRA, em uma média artimética simples, irá puxar para baixo o resultado. Por outro lado GGO pegou a ANMP já com a carreira pronta sem esse viés de análise e obterá vantagem se fizer meramente a área do gráfico como a sua média. O grande delta desse denominador atrapalha o cálculo se for usar apenas uma média simples, que em tese exige condições iguais de comparação.

Para evitar esse viés, no mínimo deveria-se ter usado aqui uma média aritmética ponderada. Mas a questão nem é essa. O sucesso de uma gestão no quesito de impacto salarial não se mede na média e sim nos avanços, ou a tendência histórica. Para fins de sucesso de gestão não se olha a média simples e sim a tendência de crescimento. É essa a fórmula usada pelos bancos para analisar casos de sucesso e de insucesso.


Pela conta tosca de GGO, se uma pessoa pega o salário de 2 e joga para 10, sua média será 6. Outra que pega de 10 e joga para 4, sua média será 7. Ai ele afirma que o segundo foi melhor pois 7 > 6.  Isso não é nem falácia, é um sofisma matemático. Mas duvido que o presidente da ANMP sabia disso ao assinar o newsletter. 

O fato que o gráfico mostra cabalmente é que com EHRA tivemos um período de forte ascensão salarial onde a curva mostra que o salário dos peritos subiu de 9,7 SM para 17,3 SM e com GGO tivemos uma forte QUEDA de 16 para 13 SM. Com EHRA fomos valorizados como nunca e com GGO fomos desvalorizados como nunca. Essa é a análise.

Comparar poder de compra com o dólar é o cúmulo do ridículo em uma economia onde o dólar não é indexado e possui livre flutuação de câmbio. Ridículo não, é uma sandice. O que interessa é o poder de compra desse dólar e não quantos dólares você ganhava. Um dos melhores meios de se medir o poder de compra é usando o Salário-Mínimo, uma vez que este possui uma certa equiparação com os índices inflacionários e em alguns casos até positivamente superior ou usar o índice de cestas básicas, como o DIEESE faz. No perito.med tem ambos os gráficos, por SM e por CB e em ambos a curva é desfavorável a Geílson Gomes de Oliveira.

3) É aqui que a histeria atinge grau máximo. Geílson Gomes não se conforma que o trabalho do perito.med em denunciar em primeira mão o fim do turno estendido de desconstruir os argumentos do MPF e do INSS e de denunciar a farsa e a conspiração envolvendo servidores do próprio INSS e por fim a derrubada da revogação, ao que chamamos de "a morte do fim" (e ele não sabe o que significa pois como mostramos acima seu arcabouço de conhecimentos está longe do razoável), foi reconhecido nacionalmente inclusive por outras entidades que pegaram nossos dados para combater a revogação das 6h.

A profunda inveja está comendo por dentro o mandatário que, como ele mesmo disse, "tomou um susto" com a revogação. Susto para ele que dormiu no ponto pois para nós já estava sendo monitorado desde novembro/2012. Tentou por várias vezes tomar para si o que não lhe pertence. O próprio argumento que ele diz que é dele, de que sem as 6h o INSS pararia, quem estruturou foi o perito.med que demonstrou que com a revogação das 6h 1.667 peritos ficariam sem salas no Sudeste, Sul e Nordeste.

Sem argumentos, parte para o escárnio que ele mesmo nos acusa de promover, ao usar termos vulgares como "Oh, senhor oráculo". Oráculo não, ciência, estudo. Repetindo a Feiticeira, que deve ter mais neurônios que o autor da newsletter, "não é magia, é tecnologia".

Por fim, sem ter como se explicar, limita-se a dizer em mais uma falácia (ele é que cometeu as falácias) de dizer que acusamos a ANMP de ter distribuído listas diferentes. O que acusamos, e provamos, é que a ANMP deu para as chapas uma lista DIFERENTE da que ela usava nos mailings. Tanto estávamos certos que depois a lista verdadeira surgiu, com direito a e-mail espião no meio.

Repito: Aceitamos críticas mas a pessoa precisa estudar, de orelhada ninguém ganha discussão. O presidente Geílson tem que estudar um pouco mais. Ou então ler antes de assinar aquilo que os outros escrevem para ele. 

4 comentários:

Fernando Antônio disse...

Com o fim à mais de 1 ano do fórum no site da ANMP poucos peritos e a população em geral estão entrando no site da ANMP por dia. O site perito.med está mais interessante e interativo, com possibilidade de deixarmos os comentários acerca das matérias. 20 mil acessos por dia em média no perito.med,,, índice muito alto e milhares de vezes maior ao do site da ANMP,,, justamente porque esta desativou o fórum à mais de 1 ano.

Heltron Xavier disse...

Que linguagem Chula Geilson usou. Que português sofrível. Tudo bem que ele não sabe nem falar tampouco escrever para impressionar mas o cargo exige formalidade mesmo para desdenhar e xingar os as adversários.

O bom dessa campanha é que pelo menos a gente vê a diretoria trabalhando de alguma forma, nem que seja contra os associados. Ele está em pânico Chico pegue leve.

Curioso fato é que 2 Dirsat e o seu Próprio Criador traído e arrependido, o Dr.Argolo, já alertaram esta diretoria de FALTAR com a verdade.... E os outros é que são falaciosos.

Geilson entra para história como o pior presidente da ANMP e olha que muita gente pensou que seria impossível o outro ser superado.


Airton Jr. disse...

Meus amigos, para quem disse para os peritos descerem do pedestal no Congresso de Salvador em 2007 e tomar uma sonora vaia numa palestra de Congresso Médico (coisa que nunca vi acontecer antes na vida!!) isso que foi escrito na newsletter era esperado...inclusive a sua gestão é reflexo do que aconteceu lá atrás... sofrível!!

Heltron Xavier disse...

Um ataque de nervos típico!
Fazer campanha pessoal com o uso do bem coletivo é imoral e ilegal. O presidente,mesmo patético e subjudice, não pode financiar campanha nenhuma. Achei grave infração eleitoral. Pense numa criatura desesperada.

Raposa para tomar conta do galinheiro?
Escreva com a mínima formalidade que o cargo pede Geilson, se não conseguir peça sua secretaria. Respeite o cargo que ocupa e deixe para falar assm no seu próprio blog. Se é que alguem vai lê-lo.....