sábado, 23 de março de 2013

DIFICULDADE PARA BENEFICIO POR INCAPACIDADE

Doente luta para conseguir benefício oferecido pelo Governo


Após uma torção no tornozelo, Ronaldo nunca mais conseguiu caminhar normalmente. Sem poder trabalhar, ele necessita do Auxílio Doença para pagar suas contas. Mas está com dificuldade de conseguir o benefício. Confira a matéria de Reinaldo Gottino.

6 comentários:

Heltron Xavier disse...

Dezenas de falhas sucessivas da imprensa e do INSS.
A maior delas é a nao apresentação do laudo medico pericial que apresenta o fundamento do parecer.

Vejam o que acontece quando o primeiro perito erra. O que faz o correto é quem toma o soco que deveria ser para ele.

O mais aberrante é a realização de uma "junta" para rever a decisão sem convocação do segurado.

Heltron Xavier disse...

Doença pré existente nao dá direito, salvo agravamento típico. É a lei. Dura Lex, Sed Lex.

Veja que tudo:
1) O erro do colega que nao viu
2) O erro do segurado que negligenciava os pagamentos da previdência
3) O erro do imprensa em ignorar a lei e acusar precipitadamente
4) O erro do INSS de querer resolver no grito uma questão sem convocação do segurado e sem enfatizar que a questão se deve ao cumprimento da lei e nao fo Bel prazer do perito parecerista

Tudo quebra no Perito que fez o certo.
Que seu sorte nao ter seu nome exposto ao publico

Repudio total a estes absurdos

Fernando Antônio disse...

Mais provavelmente o que ocorreu:

1 - Deferimento do auxílio-doença da parte médica (perícia médica).

2 - Indeferimento administrativo por falta de qualidade de segurado (sem contribuições no período de acometimento/piora clínica da doença).

JOSÉ ALBERTO ARMÊNIO disse...

HORÁRIO DO VÍDEO: -06:11 | 08:28:
M.I.D. COM LESÃO HIPOCRÔMICA 1/3 DISTAL E COM O QUE PARECE SER LINFEDEMA NA COXA [ EDIÇÃO DA IMAGEM ? ]
NÃO SENDO EDIÇÃO HÁ EVIDENTE INCAPACIDADE PARA ATIVIDADE HABITUAL DE FEIRANTE.
É CITADO RECEBIMENTO DE B.I. ANTERIOR.
SEM HISTÓRICO DE VÍNCULOS E L.M.P.s NÃO É POSSÍVEL QUALQUER ILAÇÃO.
SÓ ACHISMO.
DE QQ MODO, HÁ PERITOS E perito.
JÁ VI CASO DE PERITO MAIS REALISTA QUE O REI:
OSTEOSSARCOMA DE QUADRIL.
FISOTERAPEUTA C.I. COM POUCAS CONTRIBUIÇÕES.
D.I.D. NO INÍCIO DOS SINTOMAS [ DOR ] E D.I.I. NA DATA DA CIRURGIA [ CORRETO ], PORÉM . . .
CID PRINCIPAL: DOR LOMBAR.
CID SECUNDÁRIO: OSTEOSSARCOMA.
ISENTA CARÊNCIA: NÃO.
CID PRINCIPAL IRRESPONSAVELMENTE CLARAMENTE COM A INTENÇÃO DE NÃO ISENTAR CARÊNCIA, PARA INDEFERIMENTO ADMINISTRATIVO.
NO P.R. A MESMA COISA.
QUE ME IMPORTA QUE A LEGISLAÇÃO SEJA FALHA.
NÃO ESTAMOS NO I.N.S.S. PARA CORRIGIR LEIS QUE JULGAMOS INDEVIDAS.

Fernando Antônio disse...

A isenção de carência ocorrre também em CID secundário e outros, desde que correlacionado com os demais CIDs, primário e outros.

O câncer como CID primário deve isentar a carência, do mesmo modo sendo CID secundário se relacionando com o CID primário.

CID secundário e outros também são causa da incapacidade,,, causas conjuntas.

aldofranklin disse...

CASO MANJADO!

O cara tem o carro roubado e depois quer fazer o seguro pra ganhar um novo!

O Perito que concedeu que conceda de novo! O que fez a coisa certa, que já faça a denúncia anônima no site do MP pra "atolar" no perito prevaricante! Quando este tomar umas duas ou três bordoadas, ficará esperto!

Atenção Perito: Quando vc pegar um caso suspeito de malandragem, encerre o benefício e faça a denúncia anônima no site do MP dando detalhes do segurado, da perícia que concedeu, dia, NIT, numero de benefício, enfim, uma denúncia rica! Não tem outro jeito pra acabar com a pouca vergonha! Só na base da bordoada...Ou vá catalogando pra fazer o "Dossiê do Perito", com muitos casos, vc pode precisar lá na frente...