vakinha.com

vakinha.com
Caros Leitores, precisamos da sua ajuda para não fecharmos. O governo quer nos calar a todo o custo. Qualquer ajuda é bem vinda!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

A quem interessa de fato uma perícia de qualidade?

"Um juiz me abordou na sala de pericias do fórum e pediu para eu maneirar nos laudos, porque eu o estava deixando de mãos amarradas, o impedindo de desfazer as dívidas sociais".

Perita Médica Judicial, respeitadíssima no estado do MS

4 comentários:

Francisco Cardoso disse...

Em que curso na faculdade ensinaram que juiz tem que reparar divida social? De onde os juizes tiraram essa ideia maluca? Juiz tem que fazer valer a lei, quem faz justica social é o executivo!!!

Heltron Israel disse...

Há dezenas de peritos judiciais espalhados por todo o pais com suas receitas ameaçadas por tentarem ser imparciais. No RN recentemente a parte do segurado pediu para que a melhor perita fosse substituída porque era conhecida por ser rigorosa. O juiz não aceitou a substituição. Outros não tiveram mesma sorte. É só começar a. Negar que os advogados pressionam para que saiam. Sem qualquer vinculo empregaticio e direitos muitos optam por ceder aos desejos da justiça ainda que contrários a verdade dos fatos.

Francisco Cardoso disse...

Ou seja, de perícia mesmosobra muito pouco...

Herbert disse...

Essa visão de reparo de dívida social é comum mesmo dentro do INSS, pelos nossos colegas administrativos. Muitas são as vezes que já ouvimos (no plural mesmo) que era para ficarmos com pena do segurado e dar "um jeito" de liberar o BI, pois o mesmo estava desempregado. Um assédio imoral e desonesto. A perícia não sente prazer em negar nada. Mas, pela própria origem da carreira e necessidade do ato, tem a obrigação de ser imparcial, pois milhões de contribuintes serão lesados se seus depósitos compulsórios forem maltratados pela falta de técnica. Como digo sempre: política social é uma obrigação sim mas com dinheiro específico e não com a contribuição de quem trabalha. Mas insistem em achar que o dinheiro da previdência não tem dono e pode ser dividido sem rigor. Um dia...acaba !