quinta-feira, 15 de julho de 2010

VERDADE SEJA DITA. ASSOCIAÇÃO X ****

Todos devem ter lido o comunicado da casa onde diz que nos valoriza e respeita. Verdade seja dita e justiça seja feita. O comunicado da ASSOCIAÇÃO publicado nos principais jornais é a mais pura verdade. Estranho é a casa dizer que nos valoriza, respeita e está aberta ao diálogo enquanto até lobby pessoal para o veto da nossa lei parece/dizem que fez.

COLEGAS, POR MAIS DISCORDÂNCIAS QUE TENHAMOS, O MOMENTO É DE UNIÃO. A ASSOCIAÇÃO ERROU POR NEGOCIAR DEMAIS DESDE 2008 E NÃO POR SER MAIS DURA E OUVIR AS SUAS BASES E EM ESPECIAL ALGUNS ASSOCIADOS BRILHANTES. FOMOS PASSADOS PARA TRÁS DESDE 2008. QUEREM MAIS? A GRANDE MAIORIA ESTÁ DOENTE, COM DEPRESSÃO, ANSIEDADE, PÂNICO, CARDIOPATIAS... (EU, VOCÊ QUE LÊ, O COLEGA DO EXTREMO SUL E O COLEGA DO EXTREMO NORTE DESSE ENORME E MARAVILHOSO PAÍS)! A CASA NOS LEVOU A ISSO: TODOS CHEGARAM AO FUNDO DO POÇO; SOMOS DIARIAMENTE PRESSIONADOS, HUMILHADOS, TRAÍDOS, SOBRECARREGADOS, COAGIDOS. O QUE QUERIAM QUE ACONTECESSE? QUANDO NÃO SE SABE O LIMITE DA PRESSÃO, PROVOCA-SE REAÇÃO.

6 comentários:

Adrianus disse...

INSSensatos.
INSSipientes.
INSSossos.
INSStáveis.
INSSignificantes.

Heltron Israel disse...

É a cara da autarquia. Ainda lembro como se fosse hoje; Na instalação do ponto eletronico e de outras paralisações as mensagens de compreensao e apoio ao servidor. Bobagem. É pura ironia. Não merecem confiança. Há dezenas de provas. Eles nos empurraram para greve. São os únicos responsáveis. A indi-gestão perdeu o respeito infelizmente há meses com quase todos os peritos. O modelo de gestão há meses está errado e eles insistem. Agora não dá mais. A prova é esta greve descomunal com, sem ou apesar das lideranças. Estão todos cansados. Os médicos ignorados e população sofre. Belo presente deram para a DILMA. Uma greve maciça durante a campanha. Belo conselho deram ao presidente no Veto. Agora engolem seco um problema que teria sido resolvido por muito menos. Se eu fosse a Dilma cortava a cabeça da autarquia por completo em 2011 já provaram do caos que são capazes... É só ligar para o 135

Adrianus disse...

É algo que o Governo pode resolver facilmente, se não quiser manchar ainda mais a sua imagem. Poderia resgatar a confiança da Categoria ao ouvir seus anseios e promover uma mudança na "gestão" atual, tirando de postos estratégicos pessoas como o "contador de Araçatuba", vulgo CA ou carcinoma, que tanto odeia os Peritos e é um dos principais responsáveis pela Greve!
"Apoio e compreensão aos servidores..."
Bando de hipócritas e mentirosos!

Adrianus disse...

Uma opção interessante seria responsabilizar, via judicial, os administrativos e Peritos em funções de gestão pelos abusos a que são submetidos os Peritos Médicos Previdenciários que atuam na linha de frente, sofrendo agressões, ameaças, perseguições, trabalhando sob pressões diversas, sem apoio nem segurança! Caberiam ações administrativas, cíveis e penais na esfera judicial.

Adrianus disse...

Eduardo, se possível, publique em um tópico:

Não quero gabar-me de nada, mas se não estou equivocado fui o primeiro (ou um dos primeiros) a levantar a bandeira da autonomia da Perícia Médica, pregando a total desvinculação desse antro de fraudes e corrupção que é a "República de Araçatuba". No antigo fórum da "falecida", eu havia lançado a idéia de criação de uma estrutura independente, uma espécie de "Departamento", "Serviço" ou "Instituto Federal de Perícias Médicas", totalmente separado da estrutura do INSS. Este ficaria (como sempre tem sido) sob o comando dos administrativos de nível médio, os quais lidariam com os benefícios previdenciários que não requeressem a necessidade de perícias médicas para a concessão.
Um Serviço Federal de Perícias Médicas representaria uma vitória descomunal para a Categoria e poderia ser atrelado ao Ministério da Justiça, além de estreitar vínculos com a Associação Brasileira de Medicina Legal, que passaria a nortear as questões alusivas ao associativismo da Classe, lutando pelos seus direitos.
Criar-se-ia uma estrutura forte, sólida, consistente para garantir aos Profissionais da Perícia Médica a prática livre de interferências externas, atuando com mais isenção e segurança, longe de pressões e desmandos administrativos. Haveria integração com os Médicos Legistas e seria viável a realização de concursos públicos para Peritos Médicos Legistas Federais. Os serviços seriam expandidos e diversificados de modo a atender às necessidades da população e as demandas judiciais, gerando também economia aos cofres públicos.
Parece mera utopia...
Lembro-me de que, ao referir-me a tal proposta (não com as mesmas palavras), fui severamente censurado por alguns (especialmente os acomodados da "velha guarda"). Disseram-me que eu estava causando polêmica. Parece que a capacidade de pensar e inovar não é bem-vinda no INSS até mesmo entre muitos dos considerados "nossos"!
Uma carreira típica de Estado poderia ser concebida nos moldes citados, em consonância com os princípios de autonomia, independência técnico-administrativa e de gestão especializada. Medicina gerida por quem entende de Medicina. Perícia administrada por quem conhece a Perícia. E, é claro, remuneração por subsídios. Mais respeito, valorização e condições para aperfeiçoamento profissional com a realização de estudos e cursos de especialização e liberação para participação de congressos.
Isso interessa ao Governo?
Será que o Serra não poderia lançar um olhar sobre a Greve dos Peritos Médicos Previdenciários e aproveitar o panorama atual para obter mais visibilidade e apoio para a sua campanha?
Vamos divagando... Ou preferem devagar?
"É devagar, é devagar... É devagar, é devagar, devagarinho!"

Eduardo Henrique Almeida disse...

Adriano, sua idéia prospera.
Não sou dono do blog e assim que souber teu e-mail lhe passo o convite que qualquer outro colaborador poderia e pode passar-lhe.
O blog é dos peritos que, entretanto, devem usar com moderação ao escrever (qualidade X quantidade).
Abraço,
EH