quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

MOLEQUE DE RECADOS

Defunta associação de médicos em algum local do país, como prova de sua morte cerebral, anda distribuindo SMS para filiados pedindo para não saírem da carreira que ocupam com desgosto atualmente pois uma importante reforma da grade horária estaria a caminho, não se sabe quando, como ou onde.

O "informe" é feito sob ordens de quem realmente manda nessa "de cujus" associativa, ou seja, o patrão, para tentar empurrar com a barriga mais e mais resolução sobre tema de grande expectativa pelo público alvo e que até pouco tempo atrás era rejeitada pela própria cúpula associativa.

O que a defunta não diz é que ela está totalmente alheia às negociações ora em vigor. Não participa de nenhuma mesa, nenhuma reunião, fica apenas esperando receber o "osso" do patrão, que após ser devidamente lambido, solta algumas migalhas que ela usa para tentar sobreviver na farsa em que vive há alguns anos. Ou seja, é apenas informada de parte dos eventos e fica implorando por "alguma boa notícia" para dar aos já anestesiados filiados, cansados de tanta incompetência e omissão.

O fato de mandar SMS como se fossemos adolescentes em uma festinha pueril mostra a que se presta a entidade em nome do peleguismo extremo: Virou moleque de recados dos nossos detratores.

E é um sinal de que a campanha pela eleição em vista será cara com uso abusivo da máquina por parte dos pelegos.

Um comentário:

aldofranklin disse...

Pior que tem Perito que acredita e defende a Associação!
É como político fazendo campanha...