domingo, 24 de novembro de 2013

UÉ? NÃO ERA PRA IR PRA AMAZÔNIA? CONHEÇAM OS "MERCENÁRIOS DO MAIS MÉDICOS"

A tropa de achaque petista vive dizendo que os médicos brasileiros só querem trabalhar "nas capitais" e não querem se sacrificar indo para o interior, por isso seriam "mercenários".

Então como explicar o caso do "companheiro" João Marcelo Goulart, neto do ex-presidente Goulart que, incapaz de passar em algum vestibular de medicina no Brasil, recorreu ao partido de sua família, o PDT, para cursar medicina na ELAM, em Cuba, que como já dissemos, não forma médicos tradicionais e sim agentes políticos em saúde.

Formado, sem passar pelo Revalida (qual o problema, João Marcelo?), aderiu ao Mais Médicos (cuja uma das funções era essa - trazer companheiros da ELAM que não conseguiam passar no Revalida), e foi deslocado para trabalhar em Duque de Caxias, cidade contígua ao Rio de Janeiro e que fica a um cuspe da Zona Sul carioca.


Assim, mantendo a cara de pau de dizer que está fazendo "socialismo", o neto do Jango vai poder continuar morando nas excelentes moradias cariocas que sua família dispõe, e recebendo do governo um dinheiro muito superior ao de qualquer nacional formado aqui e concursado público.


Mas eu não entendo, pois Duque de Caxias é cheio de médicos. Que só não estão no SUS pelos péssimos salários e condições de trabalho. Não era pro Mais Médicos levar esses companheiros pra selva? Pro semi-árido?

Não era pra João Marcelo estar na Amazônia? Seria então o neto do Jango um mercenário do Mais Médicos?

http://oglobo.globo.com/blogs/ilimar/posts/2013/11/24/pressao-total-515633.asp

2 comentários:

aldofranklin disse...

Meu querido quem vai querer ser Medico na Selva?
Vê onde a filhado Senador Eduardo Braga, a Bruna, que é medica está?
Tem outra filha de outro Senador ou Senadora que está em Brasília...hum quem será ?
Brasil é isso ai! So chaveco! Só vai pro Brejo quem não tem um "pistolão" hehe

Heltron Xavier disse...

http://oglobo.globo.com/pais/formado-em-cuba-neto-de-jango-vai-participar-do-programa-mais-medicos-10871633