sábado, 23 de novembro de 2013

MAIS ESCÂNDALO: MAIS MÉDICOS USADO PARA SUPERFATURAMENTO DE DESPESA (JÁ SABÍAMOS). EPISÓDIO 2

CONTAS BLOQUEADAS
HOTEL QUE SÓ RECEBE EM DINHEIRO VIVO HOSPEDA MÉDICOS CUBANOS

PROIBIDO DE CONTRATAR COM PODER PÚBLICO, HOTEL DE CANHEDO HOSPEDA CUBANOS
Publicado: 19 de novembro de 2013 às 16:14 - Atualizado às 23:20



Wagner Canhedo chegou a ser preso por dívidas trabalhistas

Um jeitinho brasileiro burla um impedimento judicial de empresas condenadas a contratar com o poder público. Apesar de o empresário Wagner Canhedo Filho, dono do Hotel Nacional, ser proibido de fechar acordo com o governo, o hotel dele hospeda por três semanas mais de 300 médicos estrangeiros do Mais médicos.

Uma diária no antigo hotel de luxo gira em torno de R$ 420. Se cada médico estiver em quarto separado, o governo vai gastar R$ 8,8 mil por profissional, num rombo de R$ 2,6 milhões para os 21 dias de hospedagens. Além disso, o espaço do hotel onde é ministrado o curso de preparação do profissional também foi alugado.

Os médicos hospedados no hotel do empresário Wagner Canhedo representam apenas 10% de todos os novos profissionais que participam do curso de formação. Ou seja, o rombo com diárias dos estrangeiros pode ser ainda maior. Porém, o Ministério da Saúde esconde o valor. Apenas alega que a hospedagem faz parte de um acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, as hospedagens durante o ‘módulo acolhimento’ são contratadas pela Opas através de Termo de Cooperação entre os órgãos. É a organização que contrata os serviços locais com infraestrutura necessária para garantir a estadia, alimentação e as aulas do curso.

No primeiro termo publicado (veja a íntegra) para trazer 4 mil médicos, a Opas levou do Ministério da Saúde R$ 510,9 milhões. O anexo mostra os valores em cinco categorias: diárias: R$ 1,3 milhão; passagens: R$ 12,2 milhões; serviços de terceiros – pessoa física: R$ 469 milhões; serviços de terceiros – pessoa jurídica: R$ 4 milhões; custos indiretos (5%): R$ 24,3 milhões.

Por causa dos problemas fiscais, os hóspedes do Hotel Nacional não podem pagar as diárias com cartões. As possibilidades são dinheiro ou cheque à vista. Mas nada disso foi impedimento para que a Opas contratasse os serviços do empresário. Wagner Canhedo acumula condenações por irregularidades da antiga Vasp. Chegou a ser preso por dívida trabalhista e só foi liberado ao pagar a conta. Ele também deixou os rodoviários da antiga Viação Planalto, em Brasília, na mão.

O Hotel Nacional ainda não retornou às ligações do Diário do Poder.

3 comentários:

Heltron Xavier disse...

Depois de várias negativas.. eis que...

Ministro do STF concede liberdade a Wagner Canhedo

Setembro 06, 2013


André Richter*Repórter da Agência Brasil

Brasília -O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), e a Justiça de Santa Catarina concederam hoje (6) liberdade ao empresário Wagner Canhedo, preso no dia 31 de agosto, no Distrito Federal . A prisão decorreu de sentença da Justiça catarinense por sonegação fiscal. O empresário deve ser liberado ainda hoje.

Na sentença da Justiça de Santa Catarina , Canhedo foi condenado a quatro anos, cinco meses e dez dias de prisão em regime semiaberto. O empresário deixou de pagar ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). O habeas corpus impetrado pela defesa de Canhedo foi aceito porque a dívida tributária de R$ 1,2 milhão foi paga ontem (5).

Wagner Canhedo era dono da Viação Aérea São Paulo (Vasp), que teve falência decretada pela Justiça paulista em 2008. Em junho deste ano, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a falência da Vasp, por considerar que não havia como continuar com o processo de recuperação judicial. Atualmente, a família Canhedo controla empresas de ônibus em Brasília.

Fonte: Agencia Brasil

MAURICIO disse...

É estranho que quando se lê a manchete de certas notícias sobre o STF já se sabe antes o nome do "Ministro", apenas pelo título da matéria.

aldofranklin disse...

Aqui é Brasil!
Quem pode pode!
Sinceramente, não sei pra que brigar, denunciar, espernear contra o Sistema! A gente vê tanta sacanagem que ate cansa! O pior é saber qe não dá em nada! Na verdade é esperar ate que vire uma Venezuela, com fila ate pra comprar pão! Pode demorar, mas o dia vai chegar, ai vc vai ver o qe será anarquia! A sorte é que o Governo foi esperto e fez o desarmamento da Sociedade Civil senão a coisa seria brava!
Brasil é País de tolos!