sexta-feira, 30 de agosto de 2013

NO RASTRO DO FIM DAS 20H, 23 EXONERAÇÕES HOJE.

20 exonerações por não tomada de posse, 1 por posse em cargo inacumulável, 2 aposentadorias.

É breve a chegada no exonerômetro 1.000.

5 comentários:

Heltron Xavier disse...

Procolotei ontem meu afastamento por tempo largo de 2 anos sem remuneração em atenção aos apelos de muitos colegas. O INSS não respeita médico. Ser pau mandado de técnico chefete que mal terminou segundo grau...?Ver antas vibrando por acharem que podem humilhar médicos? Gente que não está nem ai pro segurado? mas se o medico chega meia hora atrasado ou não.

aldofranklin disse...

Heltron, vc deve ta com Cid. F 32 ou F 43.. Por que vc nao procurou ajuda psiquiátrica e se afastou... GANHANDO!
Aqui é Brasil....

MAURICIO disse...

Que pena Heltron!

A luta por decência no INSS ficará mais difícil sem a tua colaboração direta.

Só me lembro de citar Rui Barbosa:

De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.

E haja nulidade nesta innsanidade.

Benza Deus.

Um abraço fraterno.

MAURICIO disse...

1993 Médicos Exonerados do INSS desde 01/2010.

É metade do exército cubano da Dilma.

Se a Câmara não estivesse ocupada em manter o mandato de PRESIDIÁRIOS e FUTUROS PRESIDIÁRIOS JÁ CONDENADOS, deveriam ter a decência de instaurar uma CPI para averiguar as verdadeiras causas deste recorde do serviço público. Nenhum outro cargo federal teve tamanho número de exonerações em um período tão curto. Nem de perto.

CPI JÁ.

Fernando Antônio disse...

Perícia de ponta ytodos os dias da semana causa doença mental do trabalho nos peritos do INSS.