quinta-feira, 22 de agosto de 2013

BOMBA PROMETIDA PARA O FANTÁSTICO

Fantástico mostra todos os detalhes de uma fraude milionária no INSS
O esquema de corrupção envolve peritos e médicos que falsificam exames e laudos
Tudo em troca de propina.

22/08/2013 15h48 - Atualizado em 22/08/2013 16h06

O golpe dos falsos doentes. Domingo, o Fantástico vai mostrar todos os detalhes de uma fraude milionária no INSS: a concessão de auxílios-doença pra quem está muito bem de saúde.

O esquema de corrupção envolve peritos e médicos que falsificam exames e laudos. Tudo em troca de propina. Um dos acusados de tirar proveito do golpe é um ex-jogador de futebol. Ele conseguiu o auxílio-doença mas continuava batendo a maior bola na TV.

12 comentários:

Anderson disse...

Deveriam investigar aqueles que dão mais 60 dias pra todo mundo; fazem tudo nas coxas, não se incomodam, são bem vistos pela chefia, dá tempo pra sair no meio do expediente pra tomar um cafezinho... Ô país de merda esse aqui!

Luciano Oliveira disse...

Boa Noite! Sofri um acidente de trabalho no final de dezembro de 2012,tive fratura na clavícula.Fiquei com o braço imobilizado por 45 dias, passando esse tempo o tratamento foi com fisioterapia e anti-inflamatórios.3 meses é o tempo de cálcificação da clavícula, mas passei a sentir dor no braço e ombro.Foi constatado bursite e capsulite adesiva.No mes passado o meu beneficio foi negado,fui ao médico do trabalho e ele pediu pra recorrer.Pois ainda sinto dor com o braço com ângulo acima de 90graus.O médico que faço tratamento, que é especialista de ombro e cotovelo,tinha me orientado a fazer fisioterapia,mas a capsulite adesiva não aparece em exames como ultra-som por exemplo.Hoje fui a pericia e o médico pediu os laudos,levei o do médico que faço tratamento,o do médico do trabalho e o relatório da fisioterapia.Ele pegou e perguntou de exames...Ai eu disse que não tinha,pois o médico tinha me falado que capsulite adesiva não aparece em exames..o exame tem que sem fisico (mas como os médicos do trabalho são tão bons) nos examina só no olhar...foi indeferido novamente.não sei o que fazer.trabalho com fiação de telefone e sinceramente não sei o que fazer.(luciano13oliveira@gmail.com)

Luciano Oliveira disse...

Boa noite!Estou afastado pelo inss desde janeiro,sofri um acidente de trabalho,cai de uma altura de 4 metros,tive fratura de clavícula e face.Fiquei com o braço imobilizado por 45 dias,só que quando comecei a fazer fisioterapia sentia muita dor no braço.3meses do ocorrido a minha ortopedista passou o meu caso para um médico especialista em ombro e cotovelo,ele fez o exame fisico e foi constatado capsulite muscular adesiva.No mes passado meu beneficio foi indeferido,o médico do trabalho pediu para recorrer ,Hoje fui a nova pericia,levei o relatótio médico,o relatório do médico do trabalho e a declaração da fisioterapia.O perito antes de responder o boa tarde me pediu o documento com foto e o laudo,em seguida pediu exames. Mas o médico que faço tratamento disse que não tem exame que mostre capsulite muscular,só o exame fisico.enfim..foi indeferido novamente,não sei o que fazer, trabalho com escada e cabos telefonicos.Tenho dificuldade em erguer o braço direito acima de um ângulo de 90 graus.Mas pelo teor da reportagem que vai ao ar ja da pra perceber que tiram de quem precisa para uso próprio..esse é o nosso Brasil.(inss do tatuapé)rua euclides pacheco

MAURICIO disse...

Por favor não divulguem o nome dos médicos peritos envolvideos senão o PT leva eles pra Brasília para comandar o INSS.

Heltron Xavier disse...

Hoje uma colega veio avisar que foi alertada por uma servidora administrava encarregada de fiscalizar os parâmetros para tentar retornar ao turno estendidos, posto que perdemos há 3 meses. A curiosidade é que ela garante que tanto a perícia muito demorada quando a rápida menos de 10 minutos prejudicam os tais índices de "qualidade" de trabalho. Julgar um laudo médico e o trabalho pericial pelo tempo em que ele é concluído é uma asneira que só poderia vir de um desgoverno de ignorância. Os idiotas estão no poder e os imbecis perderam a modéstia no Brasil. Aliás são premiados como testemunhamos nos últimos anos neste blog.

aldofranklin disse...

Isso é o Retrato do Brasil! País é uma mentira, uma falácia!
Gente ignorante e sem preparo COMANDA!
O estudo nao é valorizado pelos Companheiros, ha um recalque imenso de quem estuda, de quem se esforça! A ignorância é premiada!

Voce ainda Acredita no Brasil?
Eu ja nao acredito ha muito tempo!

Eduardo Henrique Almeida disse...

Ombro congelado decorre da impbilizaçao. É como se fosse uma dobradiça enferrujada. Só a atvidade recupera a amplitude do movimento articular. Neste sentido, o retorno supervisionado ao trabalho tende a ser terapêutico.

Diogenes Dantas disse...

Inss age sincronizado com a imprensa. Acabaram de rifar com o turno estendido. Categoria vai querer faZer greve, mas a população puta com a reportagem não vai apoiar e a justiça considera a greve ilegal. Tudo muito bem pensado

Fernando Antônio disse...

Para a humanização e melhor atendimento médico-pericial no INSS é fundamental o INSS disponibilizar/garantir o mínimo de 30 minutos por cada atendimento médico-pericial/INSS.

Atualmente a média de tempo de 20 minutos é insuficiente para um atendimento correto, com avaliação dos detalhes da história dos sintomas e sinais do paciente, com avaliação de detalhes do exame físico, com avaliação de detalhes dos exames complementares de laboratório e de imagens como RX, tomografias, ressonâncias magnéticas e outros além de análise detalhada sobre as condições de saúde do segurado/INSS, os tipos de trabalhos que o segurado/INSS exerce ou já exerceu, suas condições sociais/familiares, sua carga cultural/grau de escolaridade, cursos realizados e o enquadramento ou não nas Leis Previdenciárias.

Não se pode ultrapassar o quantitativo de 12 perícias médicas do INSS no período de 6 horas de atendimento à população para se propiciar a possibilidade de um atendimento médico-pericial de qualidade ao cidadão segurado do INSS.

Heltron Xavier disse...

Estes são os peritos que não possuem reclamações nas APS que os segurados não tem queixa e costumam serem bem avaliados pelos administrativos. Ha história mostra que o perito que não contraria interesses tem rabo preso.Por isso sempre que acontecem as prisões elas espantam porque se tratam de colegas "acima de qualquer suspeita", o gente boa.

Francisco Cardoso disse...

Estranho o MPF ter estourado o esquema e segurarem ate sair no Fantástico...foi aqui em SP.

Heltron Xavier disse...

http://www.perito.med.br/2013/06/planeta-fraude-operacao-agenda.html