quarta-feira, 24 de julho de 2013

PONTO DE VISTA - O CLUBE DOS VENCIDOS

Há de se continuar lutando?
O silêncio parece muito menos terrível e mais legítimo quando se está prestes a morrer.

Durante meses houve debate entre duas correntes opostas de leitores inconformados. Times de futebol no mesmo campeonato. A primeira de composta de inconformados ativos guerreiros que tentavam pressionar por mudanças óbvias no sistema motivos relacionados ao senso civil de responsabilidade social, a segunda por inconformados passivos que entendiam a gravidade dos problemas, mas que a luta contra a ideologia enraizada era vã e inglória de berço e que apenas após o colapso completo do sistema, ou seja, a falência da previdência social, entenderiam sobre o que estávamos falando. 

A questão é o Blog Perito.Med tem ricas provas do envenenamento cronico e tentativa de carreirocídio (que não é crime). Esta usina de pensadores anteviu praticamente todos os fatos pelso atosdo comportamento político dos governantes e autoridades e adiantou aos seus leitores os resultados da desditosa carreira da lei 10876/2004. Inclusive os mais recentes: não implantarão prontuário eletrônico, não melhorará a reabilitação profissiona, irão dificultar a vida dos aposentandos, não virão as 20 horas, não haverá terceirização maciça (pelo fracasso da organização e remuneração previsto até por sindicatos) e virá perícia multiprofissional. Não há o que desdizer.

Por exemplo, com poucos dias de anunciado em março de 2011, estrategiamente um dia após a eleição da ANMP, o modelo de milaborante de Hauschild, foi apresentado e apesar do esforço hérculo ilusório do ex-presidente, que dava entrevistas nos jornais e apontava as datas, nós provamos que ele não funcionaria por A+B=C. Ele passou batido para a perícia médica e desmoralizado envolvido no escâncalo da Operação Porto Seguro 1 ano e 8 meses depois. Sem querer ele avisara e provada que não haveria como retirar os vícios enraizados do INSS sem investimento financeiro alto, sem alterar a legislação e mantendo as mesmas pessoas premidas pelos sucessivos fracassos a frente da gestão há anos. Pior, provara que o Secretário Executivo, que confiamos, ele também, nunca mereceu confiança.

Passados poucos meses, impressionantemente, o INSS revive e efetiva as mesmas idéias que o empurraram para o buraco. Reinicia o protocolo terceirização, e dissemina uma idéia irresponsável e fixa num novo modelo que não vingará. Que aliás, é até pecado duvidar para não amputar a esperança das pessoas. Mas agora o cenário macro econômico e político é bem pior no Brasil. Esse modelo plantado com sementes esquerdistas (em especial de paramédicos e médicos traidores que nunca trabalhadram) e sem responsabilidade fiscal com seus gastos quando o país está declinando ladeira abaixo (afastando investidores do mundo inteiro), vai de fato injetar as ampolas de cloreto de potássio no moribundo. 

Triste demais é vê escoando pelo ralo o maior de todos investimentos que são os recursos humanos. Sim, perícia médica não se aprende na faculdade, qualquer um que entre começa do zero. Todo investimento que o governo faz num profissional que pede demissão depois de 5 ou 10 anos de emprego é dinheiro no ralo. Não é abrir somente concurso, é esperar novamente 5 anos para ter um outro profissional a altura. O fato é que impressiona é que demissão (fato irrevesível) é tratado como uma brincadeira. Uma carreirinha a mais querendo aumento de salário. Aliás nunca vi pior MPOG, fechado, blindado e arrogante. Mas o preço não será,... Está sendo muito caro.

Audiência com deputados, senadores, ministros e procuradores da república nada adianta. Previmos o gastos exorbitantes e irresponsáveis com a tal DCA, com remarcações, com conflitos jurídicos desnecessários e, claro, com as filas, e ficaram todos calados. Eu mesmo recebi um certificado de assinatura digital para implantação de novo modelo partindo de convênio do INSS com um banco que, salvo engano, custou R$500,00, para cada médico e nunca usei. A cada oportunidade de atualizar e fortificar um modelo, prometem um novo e tudo fica na promessa. O SIBE estaria pronto no final de 2006. Novo modelo? Não haverá além da assinatura de um inconsequente subscrita e fincada. 

Eu hoje pertenço ao Clube dos Peritos Vencidos, mas vencidos com orgulho. No meu clube estamos conformados e entendemos que fizemos a nossa parte e portanto ninguém tem o direito de cobrar mais nenhuma postura ativa quando vier o descalabro. Vamos assistir a catástrofe do novo modelo, o aumento do rombo da previdência, a mesma insegurança, falta estrutura e piora de todos os números previdenciários e todos aguardando o modelo Biopsicossocial. A Medicina Assistencial está lutando contra o Câncer do movimento ideológico anti-médico promovido e enraizado no Governo Federal, mas a Perícia Médica já passou desta fase, hoje, está moribunda e tem metastases avançadas. Vamos chamar os músicos e preparar a ortotanásia. Sem mais medidas agressivas e deixar a Perícia Médica, ao menos, morrer em paz.

8 comentários:

Paulo Antônio disse...

Gostei, Heltron.
É um texto pessimista, mas muito real e é exatamente o que eu sinto. Com certeza a maioria dos colegas está assim.
Meus sentimentos.

Vandeilton disse...

É, também penso assim.
.
É assistir enquanto aguentarmos. Quando não der mais, pulamos fora do barco.

Newton disse...

Simplesmente verdadeiro. "O silêncio parece muito menos terrível e mais legítimo quando se está prestes a morrer". "Vamos deixar a perícia morrer em paz". Aos colegas de desdita...meus pesames.

angelina disse...

Queria poder ter escrito tudo o que disse...faco minhas suas palavras...sem retoques...

Guilherme Linzmeyer disse...

e o nosso digníssimo presidente, que inclusive deu seu cargo como garantia das tais 20 h ? Aonde está sua agitação de uma missa de 7 dia ?

Alexander Kutassy disse...

Fui mais direto ao identificar a situacao como chutes em cachorros mortos... e nao me excluo como perito recem aposentado que, como muitos colegas mais, aguentou os chutes na integralidade da vida util. Menos mal para os mais jovens que atualmente ainda insistem em aguentar, mas tem a opcao de cair fora - como os mais atilados e acordados o estao fazendo - aproveitando a experiencia para redirecionar as suas vidas. Afinal, na vida pode-se alcancar sucesso... em outras vezes eh aprendizado. Meu adeus aos que se foram e aos que se irao, mas nunca deixaremos de ser exemplo de que entre a populacao existem os bem intencionados, os que honestamente se dispoe a lutar por condicoes decentes da cidadania. Manterei sempre a minha solidariedade aos que vivem suados na arena, e o eterno desprezo aos que vivem jogando pedras.

Ducatti disse...

Sou perito novo, 6 meses de casa. Ao sair minha convocação fiquei muito feliz mesmo seria servidor federal. A primeira decepção veio ao conversar com outros peritos. Mas vamos lá comecei e comwcei a ler o blog. Encontrwi o meu lugar pessoas inteligentes, interessadas, mostrando ao horizonte as 20h. Segunda decepção, sempre adiada e atrelada a varios condicionais, após isso, depois daquilo, se acontecer isto. Ou seja, não contei mais com isso. Mas ainda tinha o blog sempre me atualizando me ajidando muito do que qualquer nenhum curso de capacitação dado pelo Inssano. Como unico perito da aps e da região como sair para cursos congressos. Mas eis que surge a terceira e acho última possível, o último suspiro o último reduto do incoformismo romatico contra o inexorável destino da carreira, entra em colapso. E como um doente terminal de doença sem prognóstico não me sinto no direito de qualquer reanimação. Acho que é i fim, ficarei por um tempo acho mais pelo sentimento de otimismo idiota que faz parte do senso comum, do que qualquer racionalismo que possa existir. Combateram um bom combate senhores. Que Deus nos ajude em nossas escolhas. Que a paz esteja convosco.

Fernando Antônio disse...

Colega perito/INSS aposentado faz 10 perícias judiciais em uma tarde por semana em 6hs e ganha o salário mensal de um colega perito/INSS da ativa.