domingo, 14 de julho de 2013

ENQUANTO SÉRGIO CARNEIRO PASSEIA DIVULGANDO NOVO MODELO, NÃO HÁ CONSENSO OU SEQUER DISCUSSÃO INTERNA SOBRE SITUAÇÕES CRÍTICAS CONHECIDAS.


DESCRIÇÃO DO CASO PESSOAL - 4 MESES AFASTADO

OUTRA COLEGA EM CONFLITO COM A PERÍCIA E INTERNAMENTO

OUTRO COLEGA TERIA SE MATADO HÁ 15 DIAS
*ACUSANDO PERÍCIA MÉDICA DA MORTE DO COLEGA

7 comentários:

JOSÉ ALBERTO ARMÊNIO disse...

MAIORIA DOS Fs SÃO PROBLEMAS.
TRATAMENTO PSIQUIATRICO NA MAIORIA DOS CASOS SÃO SINTOMÁTICOS/PALIATIVOS. QUAL PERITO NÃO TEM DÚVIDAS SE A MEDICAÇÃO ESTÁ MESMO SENDO TOMADA? ISSO QUANDO A DÚVIDA NÃO RECAI SOBRE A EXISTÊNCIA E GRAU DA PATOLOGIA.
HÁ MUITO SE DISCUTE DA NECESSIDADE DE ACOMPANHAMENTO EXTRA INSTITUCIONAL PARA OBTENÇÃO DE MAIORES INFORMAÇÕES.
O USO DE PSICOTRÓPICOS PRATICAMENTE INCAPACITA OS USUÁRIOS PARA ATIVIDADES LABORAIS FORMAIS.
A PERÍCIA ESBARRA SEMPRE NO FATOR GANHO SECUNDÁRIO. E AÍ QUE RESIDE O PROBLEMA DA DEFINIÇÃO.
A VERIFICAR-SE . . .

Fernando Antônio disse...

50% da população ativa e trabalhando no Brasil usam ansiolíticos, hipnóticos, anti-depressivos, anti-epilépticos e estabilizantes do humor e nem por isso deixam de trabalhar,,, o que define incapacidade é a condição de saúde no momento, efeitos do medicamento e interação status da doença/reação medicamentosa atual com o ytrabalho

JOSÉ ALBERTO ARMÊNIO disse...

NAS DOSES PRESCRITAS POR UM PSIQUIATRA DAQUI [ VEREADOR HÁ CERCA DE 4 MANDATOS ], NEM CAVALO ANDA.
AGORA O MOTORISTA NO DIA A DIA TOMA AS DOSES QUE VEM NA PRESCRIÇÃO ?
COMO SABER DE FATO E DE DIREITO, SE NÃO HÁ SUPORTE INSTITUCIONAL PARA ESSE MISTER ?

Fernando Antônio disse...

Em casos de dúvida na avaliação médico-pericial devemos solicitar marcação de visita ao domicílio do trabalhador/segurado-INSS ou ao ambiente de trabalho do trabalhador/segurado-INSS.

PauloVieira disse...

Meu prezado cidadão trabalhador, motorista, reúna seus amigos e colegas de trabalho, elaborem faixas e placas contendo as suas reclamações e todas demais que existirem sobre a Perícia Médica do INSS e nas próximas manifestações de rua, levem-as para a passeata, de modo ordeiro, lógico.
Lebre-se que a agenda atual do Governo Federal está totalmente direcionada e ocupada para atender a efervescência das ruas.
Penso ser um bom caminho para ele, Governo, se mexer e fazer as correções no setor que há muito tempo nós peritos e a sociedade como um todo desejamos.
Leve, meu estimado, juntamente com seus amigos e colegas de trabalho, o tema para as ruas.
Grande Abraço.
Paulo Vieira - Perito do INSS - Rio do Sul-SC.

Filha de Deus disse...

gostei deste comentário do Paulo: "a agenda atual do Governo Federal está totalmente direcionada e ocupada para atender a efervescência das ruas. "
O povo precisa realmente aprender a lutar pelos seus direitos.
Só passando por curiosidade, conheci o blog hoje, e parabéns pelos comentários. Assim que der volto por aqui, desculpe, não vi o vídeo, por isto nada a comentar sobre ele.

angelina disse...

Nao vejo nada além dos títulos???