quarta-feira, 6 de novembro de 2013

DATENA RIDICULARIZADO NAS MÍDIAS

Por fazer sensacionalismo barato inconsequente e sem medidas contra médicos, o repugnante apresentador José Luiz Datena acabou caindo no ridículo ao apresentar os fechos de uma roupa íntima como "grampos" na barriga de uma paciente que teriam sido "esquecidos" por médicos.

Pena que não foi comigo, se fosse ia na Justiça tirar dele o que a Record deixou de saldo (clique aqui).

Vejam agora a foto da palhaçada.


6 comentários:

Eduardo Henrique Almeida disse...

Vê-se ar articulações costais, indicativos certeiros de que se trata de raio X de tórax, área não abordada em cirurgias de vesícula e onde os sutiãs são prevalentes, já que no mesmo segmento corpóreo se localizam as mamas. Sutiãs não retirados para raio X são falhas técnicas que denotam desleixo dos técnicos de raio X.

aldofranklin disse...

Nem sempre companheiro Eduardo! As vezes vc atende um Selvagem que não tira as pecas de vestiário, tem selvagem que faz seios da face com aqueles brincos que so por Deus, tem uns com aquelas Guias de Candomblé no pescoço, corrente, tem de tudo!
Quero ver o macho ir lá ensinar educação pro Selvagem, vai tomar uma bofetada! Povo é ignorante mesmo! E o Datena, faz a parte dele, R$ 500 mil no bolso, mensal, ta bom pra vc? Ate eu...

Ismael Psiquiatra disse...

Pior que o Aldo está certo. O sujeito não pede para tirar o sutiã pois o JACARÉ o irá acusar de assédio moral, de querer ver os seios e outras besteiras que prefere não se expor. Dura realidade brasileira!

Bruno Leonetti disse...

Discordo... Se tem que fazer o exame, que seja feito da forma correta, sem o sutiã... Ou não faz pois se recusa a fazer... Não existe isso de assédio moral para fazer um exame.

Bruno Leonetti disse...

Discordo... Se o exame tem que ser feito, deve ser feito da forma correta, ou não se faz... Se o paciente se recusar a tirar o sutiã, então se recusa a fazer o exame...

Bruno Leonetti disse...

Discordo... Se tem que fazer o exame, que seja feito da forma correta, sem o sutiã... Ou não faz pois se recusa a fazer... Não existe isso de assédio moral para fazer um exame.