segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

EXCLUSIVO - CUBANOS ESTÃO SENDO ORIENTADOS A NÃO PREENCHER MAIS ENCAMINHAMENTOS PARA MÉDICOS BRASILEIROS E ESTÃO SENDO ORIENTADOS A LER "PERITO.MED" PARA "PRESCREVEREM DIREITO".

Através de informantes que atuam próximos a instrutores do Mais Médicos, este blog teve a ciência de que por determinação superior os intercambistas cubanos (ou paramédicos) estão sendo orientados a não preencherem mais pedidos de encaminhamentos de pacientes para emergências, PA/PS ou ambulatórios com o intutio de "se preservarem".

Ou seja, para esconder a verdade, que eles não são médicos de fato, e para proteger a campanha de Padilha e Dilma, os intercambistas não encaminharão mais casos para médicos brasileiros. Se morrer, morreu pelo visto. Será que esses tutores vão preencher as declarações de óbito?

Em outra denúncia, site do facebook dos médicos cubanos no Brasil (jocosamente apelidada de COMECU do Brasil - Cooperativa de Médicos Cubanos do Brasil) recomenda aos colegas a lerem o site "perito.med" para tomarem "mais cuidado" ao prescreverem evitando assim aparecerem no site "cubanadas"


Para quem não tem o facebook:


5 comentários:

Elvis Lorenzin disse...

Agora então devem continuar encaminhando, mas sem documento. Para as secretarias de saúde, isso é fácil de resolver. Só marcar especialistas diretamente com a secretaria, por telefone mesmo. O paciente é que se vire para explicar seu caso clínico e o que foi prescrito, infelizmente.

MAURICIO disse...

Bom.... já que o pessoal trazido pelo Piadilha vai frequentar o perito.med .....quem sabe organizamos uns seminários, uns rounds, uns plantões, umas provas..... e se frequentarem direitinho, estudarem bastante, tiverem persistência e dedicação .... em uns 6 anos mais ou menos estarão aptos a se candidatarem a uma vaga de residência..... para .... bom mas daí são outros 3 anos no mínimo.....

Em medicina de verdade não há improviso.
Não se faz curso de 2 semanas para "adaptação".

Sara Alvarenga disse...

Mauricio disse tudo.Tomara mesmo venham aqui de vez em quando,quem sabe aprendem alguma coisa.
Se fossem medicos iriam ter vergonha das m.... Que seus colegas fazem por ai.

Sara Alvarenga disse...

Pronto,além de não saberem nada,e de provocarem danos ao pcte,agora vão deixar de encaminhar ,pra fazer o pcte perder a pouca e última chance que tem de ser salvo.
Os " doutores" sem revalida(cubanos,venezualos,argentinos,brasileiros,etc)não são medicos habilitados no Brasil( nem sei se sao medicos no pais de origem).Não tem CRM.
Mas seus tutores são medicos e inscritos no CRM .Os tutores que " orientam" e tutoram dessa forma tem de ser denunciados.
Coitados dos pctes!!!
Ja pensaram se aquele caso da ulcera de cornea infecciosa ocluida por sete dias não tivesse sido encaminhado a um medico brasileiro?

Alberto Suen engecom disse...

Mas esses "cumpañeros" não ganharam tablets? Será que não sabem nem usá-los ou não tem como usá-los? Acaso podiam acessar livremente a Internet em Cuba? Ah, esqueci que quem tem blogs em Cuba é tratado como a Yoani Sanchez...

Não dá prá trocar anos de formação por duas semanas, ainda mais se você não sabe nem por onde procurar...