terça-feira, 21 de janeiro de 2014

USO DE CONCURSO PÚBLICO (MÉDICOS) PARA FAZER PROPAGANDA POLÍTICA - CAMAÇARI, BAHIA.

Recebemos outra questão da polêmica prova de concurso para médico em Camaçari-BA que reforça o uso do teste para fazer propaganda político-partidária do partido no poder.

Na questão já publicada, envolvia ode e propaganda descarada do Mais Médicos. (clique aqui)

Na questão abaixo a propaganda é direta para o Ministro da Saúde e candidato ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha. Vejam a prova, a pergunta está disfarçada como "conhecimentos gerais":

É brincadeira isso, perderam totalmente a vergonha e o pudor. Crime eleitoral que deveria ser punido pelo TRE com a perda do mandato do prefeito de Camaçari, coincidentemente do mesmo partido do Ministro acima.

2 comentários:

Sara Alvarenga disse...

Ninguem perde o que nunca teve,o PT nunca teve vergonha na cara,nem pudor,por isso não pode perde- los.
Todo mundo sabe que prefeito,vereador,deputado etc no interior da Bahia manda manda e desmanda e ninguem faz nada.
Se juiz vende crianca lá( caso de Monte Santo),vai ter TRE que se pronuncie???
Só desejo de coracão que o prefeito de Camacari tenha um infarto agudo do miocardio,beeeeeem grave,e que seja atendido e acompanhado por um cardiologista do mais medicos.

mirela disse...

Durante o regime ditatorial, tanto malhado pelos poderosos da vez, que era ensinado na escola e cobrado sabermos o nome do ministro da hora.