vakinha.com

vakinha.com
Caros Leitores, precisamos da sua ajuda para não fecharmos. O governo quer nos calar a todo o custo. Qualquer ajuda é bem vinda!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

PERITO MÉDICO SÍMBOLO

Dr Fabrício, profissional símbolo dos peritos do INSS. Culpado, até prova em contrário, discriminado e apontado como "caus a" de todos os males.

Matéria do Estadão repercutiu no blog perito.med. Não podeia ser diferente, já que envolve a perícia, o Secretário Executivo e a própria Presidente da República.

Durante demonstração do big brother do INSS que será modelo para a fiscalização da eficácia de toda a máquina pública, foi pescado um médico, o Dr Fabrício, que trabalha na APS de Afonso Cláudio, solitariamente no interior do Espírito Santo.

O colega, récem admitido (concurso de 2011) já segura sozinho a agenda de uma APS (agência da Previdência Social) e tem que dar conta de toda a demanda. Um carregador de piano.

Acontece que o Dr Fabrício foi destacado porque suas perícias estavam, imaginem, atrasadas em 5 horas, um absurdo! Havia um atraso nos atendimentos da APS e a Presidenta disparou, irrefletidamente, que o médico deveria estar ausente, já que atraso na perícia só pode ser culpa de médico, como a morte do Sr. Duvanier também - e o sindicalista nem chegou a passar da portaria, mero detalhe que pouco importa.

Nada mais natural que o carregador de piano não consiga manter o horário atendendo tanta demanda sozinho! Nada mais natural que um pedido de desculpas pela avaliação incorreta e injusta. Pois é, mas esperar isso seria demais e o episódio foi arrematado com uma piadinha do secretário executivo: - está sozinho porque os outros foram para o Canadá. Que outros, secretário?

Ao Dr Fabrício, nossos cumprimentos e condolências pela sobrecarga a que aceita ser submetido por pressão de seus chefes e imputações injustas. A propósito, a agenda de hoje do Dr Fabrício de hoje é de "apenas" 18 perícias, o máximo que o Presidente do INSS tem dito ser a prática da instituição, vejam vocês. 

De que vale um big brother desses se as informações colhidas são interpretadas de forma preconceituosa e precipitada?

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,dr-fabricio-nao-esta-no-canada,828948,0.htm

Um comentário:

Eduardo Henrique Almeida disse...

Um adendo, Dr Fabrício é cadeirante.