terça-feira, 4 de outubro de 2016

POR MUITO MENOS DO QUE ISSO, MUITOS FORAM EXPULSOS DO INSS - ESTÁ NA HORA DE DEMITIR CARLOS EDUARDO GABAS DO SERVIÇO PÚBLICO

Não é de hoje que Carlos Gabas é conhecido por ajudar amigos a conseguirem a tão sonhada aposentadoria no INSS. De fato Gabas fez sua carreira sendo conhecido como "o homem do PT dentro do INSS". Assim conseguiu migrar de Araçatuba para São Paulo, onde era o contato e o meio para ajudar inúmeros companheiros dos sindicatos dos bancários e o dos metalúrgicos de São Paulo a vencerem a impiedosa burocracia e saírem com suas sonhadas aposentadorias,inclusive o Lula, que ao contrário do que muitos pensam, não é aposentado por invalidez. Lula tem a bolsa aos anistiados da ditadura, o famoso B-58. Lula teve o benefício reconhecido em 1993 e o ganhou retroativo a 1988 e o ganhará até o fim de sua vida. Muito companheiro do PT deve sua aposentadoria à eficiência de Carlos Gabas.

Com a fama de ser um bom consultor, pistolão, amigo, contador e servidor previdenciário, evidente que quando Lula assumiu o governo em 2003, Gabas foi alçado para a Superintendência Regional de São Paulo, de onde foi para Brasília em 2005 como Secretário-Executivo, chegando ao posto de Ministro em 2010 e depois novamente em 2015. Nesse período nunca deixou de ajudar os companheiros necessitados.

Este blog publicou recentemente que o Ministro Jaques Wagner conseguiu sua sonhada aposentadoria no teto com a ajuda de Gabas que foi pessoalmente com ele na agora nacionalmente famosa APS da Asa Sul (W3 502) onde o pedido foi feito e processado em tempo recorde.

O escândalo revelado pela Revista Época é assustador, pois como está recebendo quarentena por ter sido Ministro de Estado, Gabas jamais poderia ter atuado como procurador direto ou indireto de interesses particulares junto ao órgão onde ocupou cargo de poder, infringindo a alínea "d" do inciso II do art.6 da Lei 12.813/13.

Além disso, a quarentena não o exime de comparecer ao serviço público, pois ela vale apenas para atividades privadas. Como servidor público, Gabas deveria estar batendo o ponto desde junho de 2016, quando acabou seu período de trânsito. Quem está acobertando o ponto de Gabas, Superintendente Oliveira?

O escândalo de Dilma finalmente fez o governo acordar e pela primeira vez na história Gabas irá responder PAD por seus atos segundo nota do MDSA. Por causa disso também foi suspenso de suas funções.

Se não é pouco o que Gabas fez, vamos lembrar a lista das coisas já denunciadas aqui e pelas quais Gabas ainda não respondeu, exceto a acusação de perjúrio junto à JESP - Araçatuba, ao qual Gabas aceitou assumir a culpa e assinar um TAC com o MPF em 2014 para evitar a prisão. Vamos lá ver as outras coisas pelo qual Gabas merece um PAD:

1) Gabas x Nomeação de Funcionário Fantasma no MPS:


2) Gabas x Recebimento Indevido de Auxílio-Moradia (essa com repercussão nacional)


3) Gabas x Vida de Marajá - Recebimento Acima do Teto do STF


4) Gabas x Manipulação da CGU


5) Gabas x Dossiês Políticos:


6) Gabas x Operação Porto Seguro


7) Gabas x Omissão no Conselho Fiscal do SESC:


8) Gabas x Escândalo do Bancoop:


9) Gabas x Nepotismo: 

10) Gabas x Escândalo dos Consignados

11) Gabas x Lava Jato

12) Gabas x Previc (Prevaric - Fundos de Pensão)

Inacreditável a lista de eventos envolvendo Carlos Gabas e nada lhe ter acontecido até o momento, enquanto que centenas de servidores do INSS, apenas por serem contra as políticas e pensamentos do PT, foram perseguidos e degolados pela guarda pretoriana de Gabas na qual se transformou a Corregedoria do INSS.

Pois que agora então esse PAD passe a limpo todas essas histórias e demita, a bem do serviço público, Carlos Eduardo Gabas. Por muito menos do que isso, muitos perderam seus empregos, está na hora de Gabas pagar por tudo o que fez contra o INSS, o Serviço Público e contra o Brasil.

2 comentários:

Mauro Soriano disse...

Somente ele!? Tem de demitir a corja toda abaixo dele, também. Unica forma de acabar, de vez por todas, com as perseguições que tanta injustiça produziu.

Hafiz Ben David disse...

Exato! Sindicancia e PAD para desvios REAIS...e nao um 'juizo de admissibilidade' para os 'outros'...