quinta-feira, 19 de março de 2015

VITÓRIA AVASSALADORA NO DEBATE DA ANMP MOSTRA QUE ESTÁ NA HORA DO CANDIDATO DO GOVERNO SAIR E O CANDIDATO DOS PERITOS ENTRAR. A ANMP NÃO É BICO!!

Em mais uma vitória da democracia, ontem realizou-se o debate entre as chapas disputantes da direção da ANMP para o próximo biênio. De um lado a chapa do governo, a dos amigos de Gabas, que nada fizeram por nós. Do outro lado, a chapa dos peritos, a chapa da mudança, da união, do renascimento da ANMP, a chapa 2.

À esquerda, o candidato do governo, Dr.Jarbas Simas. À direita, o candidato da mudança, Dr. Francisco Eduardo. Ao centro, a Presidente da Comissão Eleitoral, Dra. Isabel Veloso.

Sem propostas, restou ao candidato do governo, Jarbas Simas, ficar atacando com falsas ilações e acusações sem provas. Munido de um gordo dossiê, na verdade, pasmem, eram apenas prints desse blog, Jarbas mostrou-se despreparado e perdido. Até para nos atacar a gestão pelega de Jarbas usa o nosso blog como "fonte". Já acostumamos a ser a fonte de notícias deles, mas para ser a fonte de ataques a nós mesmos, foi inédito. Se é assim que o candidato se prepara para um debate, imagina a volta que não leva das raposas velhas do governo...

Houve dois momentos de grande constrangimento ao candidato do governo, Jarbas: primeiro quando ficou insistentemente negando o óbvio: que ele é amigo de Gabas e candidato do governo, apesar das inúmeras fotos e vídeos, antigos e atuais. 

O pior momento porém foi a revelação de que Jarbas Simas, ao mesmo tempo que é presidente da ANMP, acumulou diversos cargos de representação como Conselho Fiscal do SIMESP, Diretoria de Economia Médica e Conselho Fiscal da APM ( ass.paulista de medicina ), Vice Presidente da ABMLPM, Delegado Chefe do Cremesp na Vila Mariana, e diversos cargos de professor em vários cursos de pós-gradução.

Questionado sobre como conseguiu defender os peritos tendo que estar em tantos lugares ao mesmo tempo, o candidato do governo primeiro negou que fizesse parte de tais cargos, depois quando foi obrigado a reconhecer que fazia parte, teve a audácia de dizer que "não ia mais a eles" e usou como exemplo o cargo de delegado do Cremesp, onde afirmou que "fazia semanas que não ia lá"....

Como assim Jarbas? É esse o comprometimento que o senhor tem com o Cremesp e os médicos de São Paulo? Não vai lá há semanas? Porque não teve a hombridade de renunciar ao posto então? Se é assim que ele trata o próprio CRM, imagina a ANMP....

Entenderam agora porque a entidade está abandonada, na inércia, rachada, sem força e representatividade? Como pode o presidente da ANMP ser ao mesmo tempo delegado do CRM, em posições antagônicas tão distintas? Se um perito paulista for denunciado ap CRM, qual Jarbas vai aparecer? O Jarbas presidente da ANMP defendendo-o ou Jarbas delegado instruindo processo?

É por essas e outras que a chapa do governo, da mentira, de Gabas, do peleguismo, está fazendo de tudo para ficar no poder. Para eles, a ANMP não passa de bico, um dos diversos bicos que possuem.

Chega, a ANMP não pode mais ser bico de ninguém. Ela tem que ser dos peritos, com pesspas dedicadas a ela. É a hora da mudança, vote Chapa 2.

Abaixo o debate em sua íntegra.Ele está disponível também no site da ANMP e no canal do Youtube da ANMP.

Debate - Parte 1



Debate - Parte 2

3 comentários:

Hafiz Ben David disse...

Pericia Médica para Peritos Médicos comprometidos!!!! Pelo fim da famigerada especialidade criada com fins não muito claros...!!! Desconheço especialidade de 'Juiz' ou 'promotor'!!! Se a chapa 2 ganhar, eu me filio a ANMP!!!!

Cavalcante disse...

Apesar de não ser médico perito do INSS, conheço a pessoa do candidato a reeleição pela chapa 1 e parabenizo a luta dos colegas deste blog.
Agora, com a devida vênia, pregar o fim de uma especialidade secular (Medicina Legal), beira a insanidade!
O que aconteceu em 2011, com o advento da Resolução CFM 1973 foi apenas e tão somente uma adequação no nome da especialidade "Medicina Legal", para "Medicina Legal e Perícia Médica", evitando-se controvérsias e polêmicas, desnecessárias, passando-se inquestionavelmente a contemplar a todos os médicos peritos das mais diversas esferas de atuação (judicial cível, criminal e trabalhista, administrativa, securitária e previdenciária).
O reconhecimento da especialidade e sua atual denominação também acaba com a falácia de alguns periciados e até de operadores do Direito que afirmavam que o médico perito deveria ser especialista na patologia de base do periciando.
Aos insatisfeitos, sugiro que tenham um pouco de humildade, buscando se especializar para o fortalecimento científico e profissional da categoria, assim como acontece nas demais especialidades médicas (cardiologia, cirurgia, dermatologia, etc.)

Gustavo M Mendes de Tarso disse...

Jarbas Simas beira a infantilidade. Vamos deixar que adultos trabalhem na ANMP e esperar que essa brincadeira com a classe de PMP acabe. Chapa 2.