quinta-feira, 29 de abril de 2010

Espanto!


É de espantar.

Enquanto todos os meios de comunicação noticiam os momentos de terror e se solidarizam com os peritos do INSS de Campinas-SP, vítimas de uma emboscada premeditada da CUT, a diretoria emite nota orgulhosa na qual o Poder Judiciário determina arquivamento de ações de seus próprios associados contra ela.

Enquanto várias entidades: FENAM, CRM, SindPrev e, claro, o próprio governo emitem notas de solidariedade e indignação frente à postura dos terroristas da CUT, a ANMP preocupa-se em manter o voto indireto – que nada mais é além do mesmo barbante já usado para possibilitar controlar movimentos de conhecidas marionetes.

Enquanto os peritos num altíssimo nível de insatisfação interna agonizam nas trincheiras da estupidez administrativa com ponto eletrônico, gratificações absurdas, insegurança, retirada de insalubridade e escravidão administrativa, a diretoria sente-se vitoriosa por colocar três emendas na insossa MP 479.

É de espantar!!
Enquanto isso na página principal ANMP...

2 comentários:

Luciana Coiro disse...

É...

maranhao666 disse...

O maior problema da Perícia Médica hoje é o que chamam de AENEPÊ OU ANP.
O motivo principal da minha desvinculação daquela "entidade" foi exatamente o comportamento cartorial de seus representantes(?).
É muito dinheiro dado pelos associados para a este tipo de representatividade que se cartorializa a olhos vistos ( e já faz tempo).
Pergunto:
Qual o salário de todos que trabalham na ANPM?
Qual o tipo de aplicação que é feito com o dinheiro do trabalhador médico arrecadado na boca do caixa ( contracheque)? Quanto estas aplicações ( se existirem) rendem?