sexta-feira, 16 de outubro de 2015

SÉRGIO CARNEIRO PEDE SOCORRO AO PT-SP PARA FICAR E RECONHECE QUE SEU MODELO "FRACASSOU".

Já prevendo a queda da diretoria atual e em pânico com a possibilidade de ter que voltar a trabalhar numa APS fazendo perícias, o diretor da DIRSAT, Sérgio Carneiro, iniciou contatos recentes com o PT de São Paulo (ao qual é filiado) para tentar se manter no cargo.

Quando chegou ao INSS trazido por seu padrinho Gabas, Carneiro cuspia fogo falando mal da desorganização da autarquia, da bagunça, da dificuldade que era "controlar médicos", falava horrores do ex-presidente Lindolfo, dava piti na sala, pulinhos e dizia a saudade que tinha do MPOG.

Nem por isso deixou de cumprir uma extensa agenda de viagens, aeroportos, vinhos e encontros país afora enquanto quem tocava o dia-a-dia da diretoria era sua substituta, Dóris Leite. Era e ainda é mais fácil encontrá-lo em uma conexão de vôo do que em seu gabinete em Brasília.

Recentemente disse em reunião fechada que reconheceu, após 3 anos, que seu "novo modelo de perícia médica" fracassou de forma retumbante e que terá que começar do zero de novo. Não foi por falta de alerta....

Mas nada como a relatividade. Diante do cenário de perda de poder de Gabas, da iminente demissão de Elisete (infelisete) e da possibilidade de ter que cumprir agenda diária de perícias na APS Água Branca em São Paulo, Carneiro desesperou e subitamente a DIRSAT passou a ser o melhor emprego do mundo.

Obviamente a articulação para se manter no cargo inclui no pacote críticas pesadas à Elisete, aos demais diretores, à Gabas e juras de amor à Democracia Socialista e a Rossetto. Inclusive em novo discurso, o fracasso do novo modelo é atribuído agora à "falta de coragem de Gabas e Elisete e Lindolfo" em enfrentar os peritos e implantar a perícia multiprofissional.

Na ilustração, o medo da tosa faz diretor se ajoelhar aos pés da DS...

6 comentários:

Hafiz Ben David disse...

Nao ha necessidade de outros profissionais alem dos Peritos Médicos e dos Analistas (Servico Social) para tocar o INSS.Pericia multiprofissional e falacia de gente incompetente!

PauloVieira disse...

Louvável o desejo de implantar alguma solução para o problema crônico da perícia médica do INSS, porém sem fazer o "chão da fábrica" antes, ou seja, sem ser parachoque como Perito nas APSs Brasil afora e sem ouvir os colegas calejados pelo longos anos de trabalho no setor, fica difícil, ou melhor, fica impossível.
Lamentamos a imprudência.

Eric Carter Riesz disse...

Comentário do Sr. Hafiz Ben David e Muito Importante e Pertinente, não é necessário que o INSS seja Gerenciado por pessoas de fora da carreira, sem conhecimento técnico, e com envolvimento puramente político em suas decisões.
O INSS tem quadros qualificados em seu quadro entre Médicos Peritos e Analistas, devendo a carreira ser Blindada de ingerências políticas para o bem dos Segurados e dos Funcionários.

Emilio Ramos disse...

Concordo plenamente com sua colocação. Parabéns! !

Emilio Ramos disse...

Concordo plenamente com sua colocação. Parabéns! !

Emilio Ramos disse...

Concordo plenamente com sua colocação. Parabéns! !