quarta-feira, 23 de setembro de 2015

ACABOU A GREVE DOS ADMINISTRATIVOS.GANHOS PÍFIOS MOSTRAM QUE ESTE BLOG SEMPRE ESTEVE CERTO QUANTO AOS LÍDERES DESSA GREVE.

Acabou a greve dos administrativos. Em um grande acordo entre governo e pelegos (Fenasps e CNTSS) os colegas do seguro social vão voltar ao trabalho entre sexta e segunda próximas, com a greve encerrada em troca de 3 mariolas e um chocalho.

Este blog foi duramente atacado por servidores do seguro social quando denunciamos a peleguice das lideranças deles (Fenasps, aka PSOL e PSTU e CNTSS, aka CUT/PT). Fomos acusados de boicotar a greve deles.

Pois bem. Após quase 80 dias de greve onde foram descontados de forma irregular país afora, as lideranças aceitaram o acordo com o governo: é o mesmo acordo desde o primeiro dia, piorado pois o aumento só vigorará em agosto de 2016.

Os administrativos também ganharam o direito de trabalhar de 8 a 10 horas por dia até 2018, para terem o direito de repor o salário descontado. E, claro, vão ter que limpar a fila toda de processos.

Nada de 30h, nada de incorporação da GDASS, nada de aumento real. Conforme dissemos que ocorreria em postagem de julho (http://www.perito.med.br/2015/07/tem-boi-na-linha-da-greve-dos_30.html)

Nós do blog achávamos que os administrativos iriam sair da greve com uma mão na frente e outra atrás. Depois achamos que seria só com uma mão na frente. Com esse acordo, temos a certeza que será sem mão na frente nem atrás.

Em anexo, o acordo proposto:






26 comentários:

Thiago de Lima Machado disse...

Como assim acabou? Se nem teve plenária ainda... Esta mal informado.

Emílio Pereira disse...

A GREVE não acabou. Haverá plenária em Brasília hoje e amanhã para deliberar sobre o futuro da greve. A maioria das assembléias estaduais votou pela continuidade da GREVE.

Paciente! disse...

Viva os médicos CUBANOS!!

Clínica médica Marcelo Rasche disse...

Que dureza, o furado rindo do rasgado...

Unknown disse...

A greve dos servidores administrativos do INSS continua!!!! A GREVE NÃO ACABOU!!!
O comando continua em Brasília no embate com o governo para finalizar o acordo, porém como de praxe o governo vem formalizando uma proposta para outra sem cumprir o que tem prometido nas reuniões!
Por este motivo o comando tem recomendado assembleias estaduais e à base tem se mostrado contrárias aceitação da proposta em todas as formas nas quais foram apresentadas até agora.

Marciano disse...

Pelego é quem escreveu todo esse lixo... pelego é quem não aderiu a greve há mais de 80 dias juntamente com a categoria de trabalhadores. O choro é livre menina!!!

Elvis disse...

Os covardes ficaram olhando para ver o que ia dar, ainda tiveram a cara de pau de tentar colher os frutos da luta dos outros.

Aroldo Severo disse...

Sabe de nada, inocente.

Jose Luiz Pinheiro Lima disse...

Parede que ainda não acabou
https://www.dgabc.com.br/noticia/1589535/servidor-do-inss-faz-assembleia-e-decide-por-continuidade-da-greve
http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2015/09/servidores-do-inss-decidem-continuar-greve-no-es.html

Ana Claudia Benayon Silvestre disse...

Lutem só. Pelegos são vcs q nem ética tem ao postarem comentários maledicentes e perniciosos. Querem s dar bem sempre. Nós sabemos os ganhos da categoria. Vcs não.

Ana Claudia Benayon Silvestre disse...

Lutem só. Pelegos são vcs q nem ética tem ao postarem comentários maledicentes e perniciosos. Querem s dar bem sempre. Nós sabemos os ganhos da categoria. Vcs não.

Unknown disse...

Não me considero uma derrotada, muito pelo contrário, mas uma vitoriosa, porque nessa greve pude conhecer muitos colegas, que na correria do dia a dia não é possível que isso aconteça. Também podemos trazer à tona um lado bom do ser humano, através da solidariedade, amizade, companheirismo, união. Esses valores estão cada vez menos frequentes nesse modo individualista da nossa sociedade neoliberalista. Foram diversos ganhos. Não pense que é fácil ficar quase oitenta dias em greve, isso não é para qualquer um, somente para pessoas fortes, aguerridas. A greve para quem a realmente faz, é muito mais cansativa do que ir trabalhar, porque avança e retrocede. Considero muito infeliz o comentário realizado aqui nesse blog, ainda mais por uma pessoa que não vivenciou o que vivenciamos. É complicado emitirmos opiniões por aquilo que não vivemos. Foram raríssimos os peritos médicos que se juntaram aos seus demais colegas servidores administrativos, porque se consideram uma classe acima, quem sabe. No entanto, somos todos servidores, o meu salário, o seu salário, é pago pelos impostos arrecadados por todos os cidadãos brasileiros. Acredito que também é um pouco de dor no cotovelo, porque não conseguimos as 30 horas para todos, que era isso que interessava a classe médica. Tem orgulho de mim e de todos os colegas que permaneceram unidos nessa greve, que foi histórica!

Juliano Pereira SIlva disse...

Vamos ver o q vcs vão ganhar ....

Breno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Gonçalves disse...

Bando de frouxos querendo pegar carona com a gente! Tirando férias e licença, vamos ver se tem culhões para passar 70 dias de greve! Só mais os CUBANOS que não fazem a máfia dos pontos!

lilon nunes disse...

Sinceramente não entendo como os administrativos esperavam apoio dos peritos. O que vcs vivem hoje é o mesmo que nós vivemos até o início desse ano: Nossa entidade representativa ser encabeçada por pessoas próximas ao governo. Todos sabiam que as entidades fariam qualquer tipo de acordo, como o que foi feito em 2012 nos impedindo de deflagrar greve em 2014, que era o momento mais propício para se fazer exigências.

Ninguém do blog afirmou que os administrativos são os culpados por isso ou aquilo, mas só não vê quem não quer que a FENASPS e a ANASPS aceitaram um acordo menos benéfico do que foi oferecido anteriormente.

Graças a Deus me relaciono bem com todos da minha APS/GEX, mas nem por isso deixo de observar os fatos. Onde trabalho, teve técnico que ficou de greve por 60, 70 e poucos dias e quando resolveu voltar a trabalhar só faltou ser apedrejado pelos demais.

O país é democrático, cada um faz o que quer.

E pra terminar o blog não falou nenhuma mentira:

http://www.globo.com/busca/?q=greve+inss&cat=b&ss=f818c0f754ccf570

Aí em cima está o link com o fim da greve em vários estados.

Hafiz Ben David disse...

Acabou!!! Em MG, RJ...todo mundo voltando! Como sempre, o analfabetismo funcional grassa por estas paragens! Os dirigentes são pelegos: a maioria esmagadora dos Administrativos são de tirar o chapéu!
Parabéns aos colegas Administrativos pela luta nesta greve! Continuemos a nossa!

Sonia Alves disse...

Boa noite. O blog foi acusado de boicotar a greve? Que absurdo! Baseados em quê? Esta postagem deixou tão clara a isenção de juízo de valor que possui... Ah, o poder da ironia...
Expressões como “pífio”, “3 mariolas e 1 chocalho”, direito de trabalhar de 8 a 10 horas” e “nem na frente nem atrás”, são de um equívoco tão grande que chega a assustar: Vamos para a Comédia dos Erros:
1-Não, a greve ainda não acabou; uma greve só acaba quando as Assembleias Estaduais assim decretam, e isso provavelmente só ocorrerá no meio da próxima semana;
2-Colocar Fenasps e CNTSS no mesmo balaio é realmente não ter conhecimento histórico nenhum entre as diferenças de cada Entidade;
3-Não foram quase 80 dias, ela começou em 07/07, por favor, ao menos nisso acerte;
4-Leia a clausula 8 do Acordo, e perceba a fragilidade do seu entendimento quanto à reposição dos dias parados;
5-Para servidores com mais de 30 anos de casa, a GDASS, ainda que não incorporada, será integralizada nos próximos anos, e será SIM um ganho real em nossos salários;
Não sei, sinceramente, o propósito de achincalhar um movimento que, acima de ganhos pessoais, teve o resgate da dignidade do servidor, tão desonestamente vilanizado. Mais triste do que isso, é ver que além do governo, da mídia, da desinformação planejada da população, temos ainda que ouvir “análises” e inverdades de alguns tão fisicamente próximos a nós, mas que parece, pela postagem, tão longe de nossa realidade. Este discurso separatista me deixa realmente triste. Vocês podem ter provocado risinhos entre si, e amado o que escreveram; na prática, só quem vivenciou a greve, sabe como esta postagem está distante dos fatos.
Desejo boa sorte ao movimento paredista de vocês, e que gabaritem sua pauta, alheios ao ajuste fiscal e desmandos institucionais. Ganhando ou não, seguramente os servidores federais do INSS não se darão ao trabalho de jogar sal na carne desta categoria.

Hafiz Ben David disse...

Que máfia, rapaz? Provas! Não generalize! Não ganharam nada mesmo!

Hafiz Ben David disse...

Fiquem com D-us! Não me comparo com outras carreiras:nem melhor, nem pior.Quem é ameaçado por ter 'cortado o benefício'? Peritos Médicos!

Esse esquerdismo desprendido...mas adora um 'caviar' ! Não quero
aposentadoria:quero ganhar bem e hoje! Quem paga a conta? O contribuinte!

Comentários elogiando o trabalho análogo ao escravo - intercambistas cubanos - só demonstram a que ponto chegou o analfabetismo funcional das 'zelites':vocês podem ser os próximos!

Hafiz Ben David disse...

Eu tenho receio de fechar acordos com psicopatas - a maioria dos políticos hoje.

Prefiro negociar com 'bandidos'! Os Servidores Administrativos - em sua imensa maioria - são excelentes colegas!

Hafiz Ben David disse...

Somos todos iguais, mas com peculiaridades!

Possuímos todos a mesma essência: mas a
função que exerce difere uns dos outros; e aqueles, destes.

Reflexões místicas a parte, vivemos em um mundo material.Aos Peritos que pararam antes da categoria, só lamento o egoísmo e a vaidade.Coesao e coerência passam longe do INSS...

Hafiz Ben David disse...

Quatro mariolas e um bandolim...kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Hafiz Ben David disse...

Ele não morreu...Elvis...covardes? Kkkkkkkkkkkkkkkk

Hafiz Ben David disse...

Viva! Cancela o teu plano de saúde e seja feliz!!!! Kkkkkkkk

Fernando Rivaldo Campos disse...

É triste ler esse comentário, pois quando entrei em 2003 os peritos eram separados e agiam assim, mais que os fiscais. Com o tempo fomos nos unindo e pensando como servidor público federal e agora querem nos separar de novo! É uma pena! Trabalhamos juntos, temos que ser unidos. Eu acho que a antiga APS BI Porto Alegre conseguiu isso.